COVID-19

Mais informações de segunda a sexta-feira pelo telefone (14) 3602-1790. Denúncias podem ser feitas todos os dias pelo aplicativo da ouvidoria, whatsApp e pelo Portal.


Prefeitura de Jahu > Secretaria de Saúde orienta sobre precauções contra o Coronavírus

A Prefeitura de Jahu, por meio da Secretaria de Saúde, informa à população quais são os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir o novo coronavírus.

“Estamos diante de uma pandemia causada pelo COVID-19. Nosso desafio é orientar cada cidadão sobre os fatores que determinam essa doença, e de que forma podemos concentrar nossos esforços para buscar seu controle. Temos que pensar nos idosos acima de 60 anos, pessoas com doenças crônicas, diabéticos e hipertensos, pois o coronavírus mata, e está matando no país e em nossa cidade. Algumas precauções são necessárias para que a população nos ajude a combater essa doença: lavem frequentemente as mãos com água e sabão, utilizem álcool gel 70º, utilizem lenço descartável para higiene nasal, cubram o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, evitem tocar mucosas de olhos, nariz e boca, higienizem as mãos após tossir ou espirrar, não compartilhem objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas, mantenham os ambientes bem ventilados e evitem contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença. E o mais importante: usem corretamente a máscara, pois seu uso é uma medida preventiva para que a gente não contraia essa doença. É necessário afastar esse perigo de si mesmo e de nossas famílias e amigos, e que todos, juntos, tomando as devidas precauções, possamos vencer mais essa batalha. A informação é a maneira mais correta de combatermos esse vírus. Ajudem a Secretaria de Saúde e seus funcionários a combaterem esse mal, e quando puderem, fiquem em casa”, reforça a secretária de Saúde, Márcia Nassif.

A doença provocada pelo novo coronavírus, denominada oficialmente como COVID-19, é transmitida por um vírus que causa doença respiratória pelo agente coronavírus, com casos registrados ao redor do mundo.

Os sintomas da doença podem variar de leve a moderado, semelhante a uma gripe. Alguns casos podem ser mais graves, por exemplo, em pessoas que já possuem outras doenças. Nessas situações, podem ocorrer síndrome respiratória aguda grave e complicações. Em casos extremos, pode levar a óbito.

A transmissão ocorre por meio de espirro, tosse, catarro, gotículas de saliva, contato físico com a pessoa infectada e contado com superfícies contaminadas. Os sintomas são: febre, tosse e dificuldade para respirar. O paciente pode ter outros sintomas como cansaço, dores, corrimento e congestão nasal, dor de garganta e diarreia.

O uso de máscaras de tecido é indicado como medida auxiliar na prevenção de contágio do COVID-19, mas são necessários alguns cuidados para que esta medida seja eficiente. O uso das máscaras de tecido deve sempre estar associado às ações de lavagem e desinfecção de mãos e às ações de prevenção comunitária, como o distanciamento social. A máscara precisa cobrir totalmente nariz e boca, e deve estar bem ajustada no rosto. Deve possuir uma dupla camada de tecido, sendo a camada externa de tecido mais grosso.

A máscara é de uso individual. É importante dispor de mais de uma máscara, pois deve ser substituída se estiver úmida.

Leve sempre um saco plástico para guardar a máscara já utilizada. Não toque na parte frontal da máscara. Após usar, lave a máscara com água e sabão e coloque de molho em solução com água sanitária por 10 minutos. Antes de colocar ou retirar a máscara, higienize as mãos.

Tags

COMPARTILHAR