Prefeitura de Jahu > Compras sustentáveis, prefeitura adota essa ideia

Pensado nos benefícios que a sustentabilidade é capaz de proporcionar às pessoas e ao meio ambiente, a Prefeitura de Jahu, por meio das secretarias de Meio Ambiente e Economia e Finanças, implantou como norma o Guia de Compras Sustentáveis, que foi elaborado em ação de articulação entre doze prefeituras de nossa região com participação efetiva da Secretaria de Meio Ambiente.

 

Na última terça-feira (30/07), o secretário adjunto de Meio Ambiente, André Ximenes Cury, e o Interlocutor do Programa Município Verde Azul, Giovani Mineti Fabrício, realizaram a entrega do Guia de Compras Sustentáveis ao secretário interino de Economia e Finanças, Lúcio José Fiorelli. “Algumas pessoas e empreendedores questionam quais benefícios as atitudes sustentáveis podem trazer, acreditando, de forma errada, que essas práticas são obrigatórias e importantes somente para as grandes empresas. A importância e a necessidade de todas as empresas, independentemente do porte, assim como os consumidores, terem uma cultura de sustentabilidade em suas práticas diárias é de extrema importância”, reforça André.

 

O consumo sustentável é um conjunto de práticas relacionadas à aquisição de produtos e serviços que visam diminuir ou até mesmo eliminar os impactos ao meio ambiente. São atitudes positivas que preservam os recursos naturais, mantendo o equilíbrio ecológico em nosso planeta. Estas práticas estão relacionadas à diminuição da poluição, incentivo à reciclagem e eliminação do desperdício.

 

A modalidade de compra sustentável prevê o uso eficiente dos recursos materiais para que seu impacto ambiental seja reduzido, integrando elementos de consciência ambiental em todas as etapas do processo de compra para, assim, evitar aquisições desnecessárias, tanto de uso quanto de materiais que possam prejudicar o meio ambiente. Nesse momento, também é possível avaliar e substituir os insumos por elementos mais sustentáveis que estejam de acordo com as especificações de uso. Os aspectos positivos ao meio ambiente devem estar aliados às necessidades da empresa e do negócio”, pontua o secretário adjunto de Meio Ambiente.

 

Geralmente, os produtos sustentáveis são produzidos de acordo com as características: menor uso de recursos naturais, redução de materiais tóxicos ou perigosos, maior vida útil, menor consumo de energia ou água em sua produção e/ou utilização, possibilidade de reciclagem ou reutilização e redução de resíduos.

 

Segundo Giovani Fabrício, produto sustentável não é somente aquele que é reciclado, mas também aquele que é produzido de forma a não causar impactos ao meio ambiente antes, durante e depois de sua fabricação, como mobílias, grades, portões e demais construções. “As compras sustentáveis beneficiam o Poder Público, o empreendedor, o comprador, o mercado e a comunidade em que sua empresa está instalada. No caso do Poder Público e empreendedor, alguns benefícios são: melhor custo-benefício e maior eficiência no uso dos recursos, maior geração de economia energética, diminuição do uso de água, eliminação de resíduos e reutilização de produtos e materiais. Essa economia se traduz no custo da mercadoria durante todo seu ciclo de vida, maior publicidade positiva relativa à compra e utilização de serviços, produtos e fornecedores que têm boa reputação social e ambiental, mais liderança na comunidade pela adoção de boas práticas ambientais e maior capacidade de elaborar práticas socialmente conscientes e inovadoras. Para a sociedade, os benefícios de contar com empresas de compra e produção sustentáveis são: redução de impactos ao meio ambiente e social em razão de opções de compra, redução da quantidade de resíduos para os aterros, além da economia de água e menor emissão de gases de efeito estufa, redução de poluição da água e do ar, redução do consumo de recursos processados e naturais e aumento no desenvolvimento de infraestrutura física e social nas comunidades locais. Compre de fornecedores que ofereçam produtos e serviços responsáveis no âmbito ambiental e que tenham preços competitivos, incentive os parceiros a reciclar e coletar produtos usados e informe-se sobre os impactos ambientais de produtos que precisam ser adquiridos. Tenha sempre em mente que as decisões de compra devem estar subsidiadas em informações precisas e confiáveis a respeito do ciclo de vida de cada item. Além disso, determine a disponibilidade dos fornecedores de produtos adequados aos aspectos ambientais”.

 

Hoje, empresas que estão alinhadas com um desenvolvimento sustentável têm um perfil diferenciado em licitações e parcerias com empresas de grande porte. Assim, a aquisição de produtos e serviços sustentáveis garante melhor reputação para a empresa e maior poder competitivo no mercado.

 

Um exemplo de compra sustentável são os produtos que possuem certificação ambiental, como o selo ecológico CERFLOR ou FSC (madeira de reflorestamento). Isso já oferece um diferencial para quem compra e para quem produz com material certificado”, reforça o Interlocutor do Programa.

 

 

 

 

Galeria de imagens

Tags

COMPARTILHAR