Prefeitura de Jahu > Alunos da EMEF “Professora Norma Botelho” participam de projeto

Na última sexta-feira (24/05), a Prefeitura de Jahu, por meio da Secretaria de Educação, e em parceria com a Brazucah Produções Culturais Ltda, promoveu o Projeto Cultural “CINESOLAR – 4ª Edição” com os alunos dos oitavos e nonos anos da EMEF “Professora Norma Botelho”. O evento é aprovado junto ao Ministério da Cidadania no âmbito da Lei de Incentivo à Cultura e registrado junto ao PRONAC, contado com a parceria de diversas empresas privadas para garantir a gratuidade das ações para os adolescentes da escola.

O CINESOLAR é o primeiro cinema itinerante do Brasil que utiliza energia limpa e renovável para realizar produções e exibições de filmes sobre sustentabilidade. O projeto conta com estrutura autossuficiente: um furgão equipado com placas solares que são capazes de gerar a energia responsável por toda a produção e exibição. Os equipamentos utilizados são um projetor e um sistema de som. O veículo ainda transporta toda a estrutura do evento, composta por cadeiras, tela de cinema e materiais de divulgação do projeto.

As atividades envolveram 35 alunos, que, durante à tarde, participaram de uma oficina sobre sustentabilidade e projetos de vida, coordenada pelos artistas da Brazucah. Em seguida, em uma segunda oficina, os alunos se dividiram entre as diversas funções de uma produção cinematográfica (roteiristas, produtores, cinegrafistas, atores, entre outros), e criaram e estrelaram um filme curta-metragem abordando questões importantes sobre a sustentabilidade no cotidiano. Á noite, houve uma sessão de cinema na qual o filme feito pelos adolescentes foi exibido para a comunidade escolar.

“O Projeto CINESOLAR contribuiu muito para a promoção de aprendizagens diversas e lúdicas junto aos alunos da EMEF “Professora Norma Botelho”. Durante as oficinas, puderam aprender sobre como promover atitudes sustentáveis no dia a dia, relatar sobre seus sonhos e estabelecer projetos de vida e desenvolver novos talentos artísticos. Na sequência, puderam ver o produto dessas atividades projetado em uma grande sessão de cinema. Tudo isso de forma bastante divertida e com o uso das tecnologias que já fazem parte do cotidiano desses jovens”, relata o supervisor de ensino da Secretaria de Educação, Celio Luiz Cardoso. A partir da próxima semana, o curta-metragem produzido pelos adolescentes estará disponível na plataforma do Youtube.

Galeria de imagens

Tags

COMPARTILHAR