INSERT command denied to user 'jaudb'@'localhost' for table 'ESTATISTICA_NOTICIA'UPDATE command denied to user 'jaudb'@'localhost' for table 'ESTATISTICA_NOTICIA' Prefeitura Municipal de Jahu

Jaú, Quinta-Feira - 17/08/2017

..........................

Prefeitura de Jahu abre o teatro municipal para espetáculo shakespeareano

 

Macbeth Decapitado será encenado às 20h de domingo (1/05) com entrada franca

 


 

A Prefeitura de Jahu, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, convida a população para um espetáculo teatral no domingo (1/05) baseado em obra de William Shakespeare. A peça Macbteh Decapitado será encenada pelo Grupo Casa Verde às 20h no Teatro Municipal Elza Muneratto, com entrada franca. O espetáculo vem a Jaú por meio de parceria com o governo do Estado de São Paulo, por meio do projeto ProAC.

 

 

Macbeth Decapitado” é uma adaptação do original de William Shakespeare. Macbeth é um general do exército escocês muito apreciado pelo seu monarca, o rei Duncan, por sua lealdade e seus préstimos guerreiros. Ao ser abordado por três bruxas, quando voltava de uma batalha, estas predizem-lhe que ele será o rei da Escócia. A partir deste encontro, Macbeth entra num círculo vicioso de mortes sobre mortes, obcecado pela ambição.

 

 

Montado pelo Grupo Casa Verde, “Macbeth Decapitado”, é um espetáculo desenvolvido a partir de um processo de trabalho e pesquisa proveniente da leitura das obras de William Shakespeare e de estudos de textos acadêmicos e obras filosóficas e literárias que tratam do mesmo autor. Tendo como objetivo uma leitura contemporânea da tragédia de Shakespeare, o grupo buscou inspiração em algumas referências que serviram de embasamento para a concepção estética da peça: a noção de corpo sem órgãos, do filósofo francês Gilles Deleuze, desenvolvida a partir de um pensamento que se coloca contra a ideia de organismo e que pensa o corpo como um lugar do desejo, portanto aberto às experimentações; a busca por uma narrativa mais surrealista, retirada da linguagem pictórica oriunda da pintura e da fotografia; os signos presentes na imagem da roda do destino, em que as cordas (que compõem o cenário) como elemento material e simbólico representam o tecer das deusas que amarram os personagens em todos os momentos da peça; e a concepção política da obra de Maquiavel, que contribuiu no sentido de pensar temas clássicos das tragédias de Shakespeare, tais como poder, ambição, cobiça, natureza, virtude, destino, etc., e que possibilitou também um diálogo com o contexto atual da política do país.

 

 

Ficha Técnica:

 

 

Texto: Cássia Rabello e Juliano Rabello - adaptação do original de William Shakespeare

 

 

Tradução: Juliano Rabello

 

 

Direção: Cássia Rabello e Julio Zaicoski

 

Elenco:

 

Andressa Cisneiro, Cássia Rabello, Eduardo Almeida, Julio Zaicoski, Letícia Gomes, Marli Garcia e Roger Lima.

 

 

Preparação Corporal: Flávia Hiroki

 

 

Figurino: Cássia Rabello, Letícia Gomes, Julio Zaicoski e Marli Garcia

 

 

Adereços: Marli Garcia e Letícia Gomes

 

 

Criação e confecção das coroas do casal Macbeth: Silvio Selva

 

 

Cenário: Julio Zaicoski

 

 

Direção de Arte: Letícia Gomes

 

 

Iluminação: Thiago Neves

 

 

Trilha Sonora Original: Max Robert

 

 

Design Gráfico: Allan Nunes

 

 

Fotos e Vídeo: Luiz Campana Jr. – Pro Clipe Produções Audiovisuais

 

Produção: Grupo Casa Verde

 

Seja o primeiro a comentar esta notícia

Prefeitura Municipal de Jahu - Rua Paissandu, 444 - Centro - CEP: 17201-900 - Telefone: (14) 3602-1777

© Todos os direitos reservados - Prefeitura Municipal de Jahu | BiG DESiGNER