INSERT command denied to user 'jaudb'@'localhost' for table 'ESTATISTICA_NOTICIA'UPDATE command denied to user 'jaudb'@'localhost' for table 'ESTATISTICA_NOTICIA' Prefeitura Municipal de Jahu

Jaú, Quinta-Feira - 14/12/2017

..........................

Festival de Inverno dedica semana à música popular brasileira

  

 

Magali Soave, Grupo Alma Brasileira, Giovani Costa Quarteto e Convidados são algumas das atrações na semana que terá também “A Noite do Intérprete Jauense” e o “Festival de Choro”


 

A Prefeitura de Jahu, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, chega à sua terceira semana e a música volta a ser a protagonista. Desta vez a MPB (Música Popular Brasileira) está no centro das atenções. “Serão 6 eventos que priorizam a música brasileira e seus intérpretes”, informa o gerente de Cultura, Jeferson Miranda. Nesta semana, na programação oficial, ganha força os intérpretes jauenses, uma vez que a grande maioria dos eventos conta com a presença maciça de artistas da “terra roxa”

A Semana Jauense de Música Popular Brasileira será aberta nesta terça-feira (21/07) com uma homenagem às mulheres brasileiras. Quem comanda a noite é Magali Soave ao lado da banda Alma Brasileira. O show será às 20h30 no Teatro Municipal Elza Muneratto. Na quarta-feira (22/07) o grupo Os Menestréis comanda uma Noite da Saudade dentro do Museu Municipal José Raphael Toscano (20h30)”, destaca o gerente cultural.

Na quinta-feira (23/07), às 20h30, no Teatro, Giovane Costa conta com convidados para homenagear os grandes compositores brasileiros, tendo o piano como seu instrumento. A sexta-feira (24/07) é noite de gala no Teatro: os intérpretes jauenses cantarão músicas brasileiras que fizeram grandes sucessos, a partir das 20h30. Finalmente no sábado, na Estação Cultura, a programação é dedicada ao choro de Jaú, Araraquara e Bauru, a partir das 17h, com Chorando na Roseira, Quarteto Café e Bom Tempo.

O domingo será reservado para a última semana do Festival de Inverno. De 26 a 31 de julho ocorre a Semana Jauense de Música Clássica. Com a apresentação de bandas sinfônicas, orquestras, naipes de sopros e de solos instrumentais, a programação promove uma verdadeira imersão no repertório erudito. Serão apresentadas peças de grandes nomes da música clássica em arranjos diferenciados produzidos pelos maestros e artistas convidados. O primeiro evento será a Banda Sinfônica de Dois Córregos, às 20h30, no Teatro Municipal.


 

Magali Soave comanda homenagem à mulher brasileira

21 de julho - terça-feira

Teatro Municipal - 20h30

Mulheres do Brasil: Magali Soave e Grupo Alma Brasileira

 

Grupo formado por Magali Soave (voz), Andréia Santos (piano), Carlos Giraldi (baixo) e Fabio Saffi (bateria). É o grande protagonista desta homenagem as grandes intérpretes femininas da MPB. Com a intenção de resgatar os grandes clássicos da Música Brasileira e de seus importantes cantores, compositores e instrumentistas o Grupo Alma Brasileira em suas apresentações traz no repertório músicas de Djavan, João Bosco, Tom Jobim, Chico Buarque, Elis Regina, Maria Rita, Gal Costa, Beth Carvalho, Leny Andrade, Alcione e outras. Com arranjos próprios, o grupo pretende mostrar novas ideias e as diferentes influências de cada integrante, sempre em busca de liberdade, desafios e improvisos mas mantendo tudo de bom que o samba pode oferecer.

No repertório desta terça-feira o grupo fez uma seleção das grandes intérpretes femininas da música brasileira: Elis Regina, Gal Costa, Beth Carvalho, Alcione, Marisa Monte. Todas estarão presentes na apresentação que promete tocar os corações de todos os que forem ao espetáculo. A beleza e a sensualidade da voz feminina reinterpretada pelos músicos da Banda Alam Brasileira que contará com participações especiais de convidados como: Denis Ciani, Silvio Camargo Pereira, Paulo Zen e Fábio Lopes. A entrada é franca.

 

Festival de Inverno tem Noite da Saudade com Os Menestréis

22 de julho - quarta

Museu Municipal - 20h30

Noite da Saudade com os Menestréis.

 

No segundo dia da Semana Jauense de Música Popular Brasileira, quarta-feira (22/07), o Museu Municipal recebe o grupo Os Menestréis, a partir das 20h30. Formado em 2003 por Georgete Soares (vocal), Tiago Morandi Roscani (bandolim e vocal), Luciano Luzetti (violão), Luiz Henrique Martins (percussão) e Cidinha Morandi (vocal e direção musical e artística), o grupo tem a proposta de levar ao público a nostalgia dos anos dourados da música brasileira das décadas de 20, 30, 40 e 50, interpretando valsas, choros, sambas, marchinhas, toadas e serestas.

No repertório, canções de músicos consagrados como Pixinguinha, Noel Rosa, Chiquinha Gonzaga, Dolores Duran, Ary Barroso, Cartola, entre outros e para caracterizar ainda mais os anos dourados, Os Menestréis se apresentam com figurinos típicos da época.


 

Piano se torna o centro do Festival de Inverno na quinta-feira

23 de julho - quinta

Teatro Municipal - 20h30

Giovanni Costa, Quarteto e Convidados

 

A música brasileira em sua essência acompanhada pelo piano popular de Giovanni Costa. O espetáculo desta quinta-feira (23/07) do Festival de Inverno de Jaú busca uma harmonização do clássico com o popular tendo a MPB como o fio condutor da viagem musical. O grupo composto por Giovanni Costa (piano), Fábio Lopes (Guitarra), Carlos Borim (Bateria), Thiago Gonçalves (contrabaixo acústico), Samira Zeber (violino) Vânia Cristianini (voz), Euclides (Tido) e Pedro Paulo Rodrigues prepara um repertório que ressalta as diferentes nuances da MPB.

Este ano, o festival busca refletir sobre a arte eu fazer do artista. Deixando de lado produções e gêneros mais comerciais, quer se colocar como contraponto, quer valorizar a arte em seu fazer mais artesanal, quer aprofundar-se no fazer do artista, em sua técnica e em seu talento. É em si, um claro esforço de repensar a importância do próprio Festival para nossa cidade e para nossos artistas.

 

Noite do Intérprete Jauense leva ao palco vozes consagradas

24 de julho - sexta

Teatro Municipal - 20h30

Noite do Intérprete Jauense

O saudosismo retorna ao palco do Teatro Municipal Elza Muneratto. A partir das 20h30 desta sexta (24/07) as vozes consagradas dos programas de rádio e TV voltam a encantar o público jauense na Noite do Intérprete Jauense. A junção do grupo Os Menestréis, sob direção musical de Cidinha Morandi, e as vozes de vários intérpretes jauenses proporcionaram uma verdadeira viagem no tempo com as modinhas, valsas, sambas, choros e serestas. A viagem no tempo remonta ao nostálgico cenário cultural nascido entre 1930 e 1960.

Tendo como prioridade a realização de eventos em locais abertos ou de livre acesso em busca de um público variado e constituído por diversas camadas sociais, em sua 24ª edição o Festival de Inverno de Jahu reafirma a política de democratização do acesso a bens culturais, sobretudo, ao contemplar diferentes áreas temáticas e diferentes possibilidades de interação que se abrem a todas as faixas etárias e seus respectivos interesses.

 

 

Chorando à Vontade encerra a semana do MPB no Festival de Inverno

25 de julho - sábado

Estação Cultura - 17h

Chorando a Vontade

A 24ª edição do Festival de Inverno de Jahu promove um pequeno festival de choro a partir das 17h de sábado (25/07) na Estação Cultura (antiga Estação Ferroviária). Abrindo a programação musical, o grupo Jauense Chorando na Roseira, grupo integrado por Paulo Zen, Beto Gaiato, Paulo Dadamos e Luciano César traz em seu repertório musicas brasileiras do gênero passeando pelos sambas clássicos.

A segunda atração fica por conta do Grupo Bom Tempo de Bauru e o encerramento será com o tradicional grupo de Araraquara Quarteto Café. O grupo de choro Quarteto Café surgiu há nove anos na cidade de Araraquara. Começou como um grupo de estudos instrumental, que tomou corpo e se profissionalizou, atento à música brasileira de qualidade. É composto por Cleber Rangel (bandolim), Fabiano da Silva Marchesini (violão 7 cordas), formados pelo Conservatório de Tatuí; Everton Rodrigo Fabiano (cavaquinho), André da Costa Oliveira (pandeiro),estudou nesse mesmo Conservatório. A entrada é aberta e gratuita.

O Chorando A Vontade é uma realização da Prefeitura de Jahu, por meio da Secretaria da Cultura e Turismo. O evento faz parte da 24ª edição do Festival de Inverno de Jahu, integrando a Semana Jauense de Música Brasileira. Em sua terceira semana, o Festival de Inverno tem como protagonista a MPB (Música Popular Brasileira). Na programação oficial, ganha força os intérpretes jauenses, uma vez que a grande maioria dos eventos contará com a presença maciça de artistas da “terra roxa”.

Tendo como prioridade a realização de eventos em locais abertos ou de livre acesso em busca de um público variado e constituído por diversas camadas sociais, em sua 24ª edição o Festival de Inverno reafirma a política de democratização do acesso a bens culturais, sobretudo, ao contemplar diferentes áreas temáticas e diferentes possibilidades de interação que se abrem a todas as faixas etárias e seus respectivos interesses.

 

Banda de Dois Córregos abre Semana de Música Clássica do Festival de Inverno

26 de julho - domingo

Teatro Municipal - 20h30

Banda Musical Municipal de Dois Córregos

A semana de encerramento da 24ª edição do Festival de Inverno de Jahu guarda surpresas especiais para os amantes da música erudita. De 26 a 31 de julho ocorre a Semana Jauense de Música Clássica. Com a apresentação de bandas sinfônicas, orquestras, naipes de sopros e de solos instrumentais, a programação promove uma verdadeira imersão no repertório erudito. Serão apresentadas peças de grandes nomes da música clássica em arranjos diferenciados produzidos pelos maestros e artistas convidados.

Este ano, o Festival de Inverno busca refletir sobre a arte e o fazer do artista. Deixando de lado produções e gêneros mais comerciais, quer se colocar como contraponto, quer valorizar a arte em seu fazer mais artesanal, quer aprofundar-se no fazer do artista, em sua técnica e em seu talento. É em si, um claro esforço de repensar a importância do próprio Festival para nossa cidade e para nossos artistas. Quer encontrar novos espaços para a valorização, perpetuação e surgimento de formas de expressão mais maduras.

O primeiro evento desta semana vem da cidade de Dois Córregos. A Banda Sinfônica conta com aproximadamente 50 integrantes de ambos os sexos. A banda é coordenada por Nelson Grael e também pelo regente e professor Denis de Souza Rodrigues. Conta ainda com o trabalho do professor de percussão Rodrigo Faxina e a coreógrafa Aline Bensi. O corpo musical é composto por instrumentos de sopro, como flauta, saxofone, trompete e clarinete, conta ainda com os de percussão, como caixa, bumbo e prato.

Seja o primeiro a comentar esta notícia

Prefeitura Municipal de Jahu - Rua Paissandu, 444 - Centro - CEP: 17201-900 - Telefone: (14) 3602-1777

© Todos os direitos reservados - Prefeitura Municipal de Jahu | BiG DESiGNER