Jaú, Sexta-Feira - 18/08/2017

..........................

Festival de Inverno de Jahu começa com noite dedicada ao samba no Teatro Municipal

 

Da Silva Samba Orchestra se apresenta às 20h30 na largada do maior evento cultural de Jaú e região, com entrada franca e músicos da cidade tocando os maiores sucessos dos grandes sambistas


 A Prefeitura de Jahu, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, dá largada nesta quarta-feira (1/07) ao 24º Festival de Inverno de Jahu com uma noite dedicada ao melhor do samba nacional. A abertura oficial ocorre às 20h30 no Teatro Municipal Elza Muneratto com o espetáculo “Seleção Brasileira do Samba”, da recém-criada Da Silva Samba Orchestra, considerada uma orquestra de gafieira.

 A partir do espetáculo de abertura o Festival de Inverno entra num ritmo frenético, com mais de 60 atrações ao longo de 32 dias, até 2 de agosto, quando a Jahu Jazz Band faz o encerramento ao lado da cantora Jane Duboc. Nesse período vão se apresentar pelos palcos, praças e locais alternativos dezenas de artistas da cidade e de renome nacional e internacional, inclusive Marina Lima (neste dia 4/07), Derico (dia 5/07) e André Cristovam (11/07). Workshops, cinema, debates, teatro e músicas de vários estilos fazem parte da programação, que investe na valorização do artista da nossa terra.

 Chegou o grande dia. Convido a população para participar da abertura oficial do Festival de Inverno de Jahu, o maior evento cultural da nossa cidade e que abrange toda a região. Será nesta quarta-feira, às 20h30, no Teatro, com entrada franca. A abertura será com a orquestra Da Silva Samba, uma orquestra com 12 integrantes de Jaú, entre eles o maestro Fábio Lopes e outros músicos da Jahu Jazz Band. Esse grupo vai tocar grandes sucessos do samba brasileiro. Vai ser uma grande vesta para marcar a largada do Festival de Inverno. Teremos 32 dias de eventos em toda a cidade”, diz o secretário de Cultura e Turismo, Hamilton Chaves.

 Seleção do samba - Sobre a Da Silva Samba, o secretário destaca o comando de Fábio Lopes, o mesmo regente da Jahu Jazz Band. São 13 músicos, alguns deles da Jahu Jazz Band e outros convidados, como a cantora Sandra Cortez, de Bauru. “O show tem 1h25, com músicas instrumentais e cantadas”, explica Fábio Lopes.

  De acordo com o músico, foram escalados para o show os grandes sambistas do país e suas canções para serem executadas durante a apresentação. Dorival Caymmi e Ary Barroso, por exemplo, estão na lista. “Escalamos uma seleção de sambistas, do gol à ponta-esquerda, com técnico e tudo”, explica o Fábio Lopes. “A apresentação linka o samba com o futebol”, diz ele, revelando que um telão vai mostrar a escalação por posição de cada sambista.

  A abertura do Festival de Inverno será com a música “Na cadência do Samba”, a música tema do canal 100 (Que Bonito é!) - é uma composição de Luiz Bandeira, mas a gravação usada pelo canal 100 era da década de 50, de Waldir Calmon e sua Orquestra. A música virou um hino do futebol nacional. No encerramento será com a música “Volta por Cima”, de Paulo Vanzolini, também com o tema futebol.

  O repertório do show será composto por 15 músicas, cada uma de um compositor diferente, ícones do samba:

  

Na cadência do samba - Waldir Calmon

Samba da minha terra - Dorival Caymmi

No tabuleiro da baiana - Ary Barroso

Com que roupa - Noel Rosa

A voz do morro - Zé Ketti

trem das onze - Adoniran Barbosa

Homenagem ao malandro - Chico Buarque de Holanda

Um a zero - Pixinguinha

O sol nascerá - Cartola

Coração Leviano - Paulinho da Viola

A flor e o espinho - Nelson Cavaquinho

Samba do avião - Tom Jobim

Na tonga da mironga do kabuletê - Vinicius de Moraes

Atire a primeira pedra - Ataufo Alves

Volta por cima- Paulo Vanzolin

 Ficha Técnica

 

 

Marcos Pajé - Trompete

 

 

 

 

Alex Fernandes - Trompete

 

 

 

 

Denis Rodrigues - Trombone

 

 

 

 

Arquimedes - Saxofone alto

 

Cristiano Fagian - Saxofone tenor

 

Eder Araujo - Saxofone barítono

 

Edinho Calciolari - Bateria

 

Paulo Dadamus - Percussão

 

Thiago Gonçalves - Contrabaixo

 

Carlos Francisquini - Voz e guitarra

  

Fábio Lopes - Arranjos e guitarra.

   

 

 

Músicos convidados

 

 

Luana Cortez - Voz

 

 

 

 

Fábio Saffi – Percussão

 


 

Projeto Guri – No segundo dia do Festival de Inverno de Jahu, os alunos do Pólo de Jaú do Projeto Guri, mantido em parceria com a Prefeitura de Jahu, vão se apresentar no Cinema Municipal. O espetáculo, com uma hora de duração, terá 50 músicos no palco em três grupos: cordas friccionadas (violino, violão clássico...), sopros e percussão e coral.

 

 

Coordenadora do Guri em Jaú, Fabiana Conte Marcelino, diz que é uma grande oportunidade para os alunos, uma vez que vão tocar num grande evento, o Festival de Inverno de Jahu. Ela convida toda a população, pais e amigos dos músicos para prestigiarem o espetáculo marcado para as 20h no Cinema Municipal (prédio da prefeitura).

 

 

 Marcus Carmo

A sexta-feira (3/07) terá também no Cinema o Café Histórico: Meu SP 32, com o professor e historiador Marcus Carmo, que vai abordar a Revolução Constitucionalista de 1932. A palestra se propõe à reflexão e ao debate sobre as suposições acerca do separatismo paulista e a manipulação elitista sobre a massa popular de São Paulo.

 

 

Toda a sociedade é convidada a participar da palestra que ainda conta com com exposição de acervo da Revolução de 32, composto por bandeiras, cartazes, capacetes, medalhas, broches, cartões, jornais, fotos, diplomas, peças bélicas e outros.

 

 

A celebração pelo aniversário de 83 anos do início da Revolução constitucionalista de 1932 será no 9 de julho, a partir das 9h, na Praça da República.

 


Fim de semana -  Para domingo, o Teatro abre as portas às 21h para Derico e o Clube de Jazz. Antes, às 19h30, será aberta a “Exposição Espelho Retrovisor – Olhares sobre a obra do artista Jozz”.

Seja o primeiro a comentar esta notícia

Prefeitura Municipal de Jahu - Rua Paissandu, 444 - Centro - CEP: 17201-900 - Telefone: (14) 3602-1777

© Todos os direitos reservados - Prefeitura Municipal de Jahu | BiG DESiGNER