INSERT command denied to user 'jaudb'@'localhost' for table 'ESTATISTICA_NOTICIA'UPDATE command denied to user 'jaudb'@'localhost' for table 'ESTATISTICA_NOTICIA' Prefeitura Municipal de Jahu

Jaú, Sábado - 29/04/2017

..........................

Medicina em Jaú beneficiará população carente

 No dia 02 de outubro, o prefeito Rafael Agostini recepcionou o Ministro da Saúde, Arthur Chioro dos Reis para assinatura do termo de compromisso para implantação do curso de medicina em Jaú. “Estamos aguardando o Ministério da Educação (MEC) publicar o edital com as regras de competição para que as instituições universitárias interessadas em abrir esse curso na cidade disputem o direito de instalar o curso em nosso Município. As regras ainda não foram divulgadas, mas, por meio do Ministro, fomos informados que um dos critérios mais importantes será as melhores propostas de oferecimento de bolsas de estudo por meio do FIES e do PROUNI. O objetivo é fazer com que os estudantes mais carentes também possam cursar medicina, o que seria muito importante, um grande avanço social e científico para nossa cidade, pois envolveria todas as classes sociais”, reforça Agostini.

Ainda de acordo com o prefeito, para que a Prefeitura conquistasse o direito de instalar um curso de medicina em Jaú, foi necessário o desenvolvimento de um amplo trabalho de recuperação dos equipamentos públicos de saúde, de expansão da rede básica, de aperfeiçoamento do sistema de atendimento de urgência e emergência e do estabelecimento de uma grande parceria com as instituições hospitalares da cidade. “Esse conjunto de fatores, juntamente com o compromisso que a Prefeitura assumiu no plano de trabalho apresentado ao MEC de reformar e reestruturar os equipamentos públicos de saúde foi decisivo para que Jaú fosse uma das 39 cidades do país escolhidas para receber um desses novos cursos de medicina”.

“Estamos reformando quase todos os nossos equipamentos públicos de saúde. São mais de sete unidades básicas que devem passar por reformas até o final da nossa administração. Algumas já foram concluídas, como é o caso dos postos do Jardim Itamaraty, Jardim Jorge Atalla e São Benedito. Outras reformas estão em andamento, como é o caso dos PAS do Vila Nova e do Santa Helena, e da Policlínica do Jardim Pedro Ometto.  Também estamos realizando ampla reforma nas unidades básicas de saúde do Pouso Alegre e da Vila Ribeiro, além do trabalho de reforma já concluído na unidade do Distrito de Potunduva. Estamos construindo mais cinco unidades básicas de saúde: no Jardim São Crispim, no Jardim Bela Vista, no Jardim Maria Luiza IV, no Distrito de Potunduva e na divisa entre o Pires I e o Jardim Cila de Lúcio Bauab. São novos equipamentos públicos de saúde que tem como objetivo melhorar a qualidade do serviço público de atenção básica para a população da periferia da cidade. Estamos reestruturando o espaço do prédio do antigo hospital São Judas. Fizemos um amplo trabalho de reorganização interna e alteramos as instalações internas dos primeiros andares para o funcionamento de um pronto atendimento de qualidade para a população. Está em andamento a pintura de todo o prédio e a troca do telhado”, informa o prefeito.

Segundo Agostini, além disso, está em fase bastante avançada a construção da Unidade de Pronto Atendimento 24 horas (UPA) no Residencial Bernardi, que vai atender a região da cidade que engloba os bairros Cila Bauab, Santo Onofre, Novo Horizonte, Jardim América, Ameriquinha, Pires I, Pires II, Bernardi, etc. “O cumprimento desses compromissos e esse extenso trabalho de reestruturação da rede pública de saúde do Município que vem sendo realizado foram fundamentais para conseguirmos a faculdade de medicina para a cidade. Além dos benefícios que a população vai conhecer com esses equipamentos já existentes reformados, com os novos que estão sendo construídos, com a reabertura do Pronto Atendimento no antigo prédio do hospital São Judas e com a construção da UPA, teremos futuramente uma grande quantidade de médicos residentes na cidade atuando nos equipamentos de saúde anteriormente citados quando as primeiras turmas do curso de medicina começarem a ser formadas, pois eles terão que prestar serviços por um tempo mínimo no SUS. A vinda do curso de medicina para Jaú é uma conquista histórica para nosso Município e para nossa região, pois trará algumas melhorias imediatas, como a movimentação da economia da cidade, e posteriormente, a residência médica que a faculdade trará para a cidade vai fazer com que tenhamos um número de especialistas muito maior atendendo no SUS”. 

Seja o primeiro a comentar esta notícia

Prefeitura Municipal de Jahu - Rua Paissandu, 444 - Centro - CEP: 17201-900 - Telefone: (14) 3602-1777

© Todos os direitos reservados - Prefeitura Municipal de Jahu | BiG DESiGNER