UPDATE command denied to user 'jaudb'@'localhost' for table 'ESTATISTICA_NOTICIA' Prefeitura Municipal de Jahu

Jaú, Quinta-Feira - 20/07/2017

..........................

Prefeitura inicia maior programa de recapeamento de Jaú: quase 200 km de ruas serão beneficiadas

Prefeito assina ordem de serviço em solenidade na Praça da Matriz e dirige as máquinas vibroacabadora e fresadora para dar início ao serviço na rua Visconde do Rio Branco

 

A Prefeitura de Jahu, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana, deu início nesta quarta-feira (22/10) ao maior programa de recapeamento da história da cidade. Começaram a ser recapeadas ruas e avenidas num total de 983 mil metros quadrados ou o equivalente a quase 200 quilômetros lineares. Estão sendo investidos R$ 23,9 milhões de recursos próprios, contemplando cerca de 350 ruas e mais de 30 bairros nessa primeira etapa. O próprio prefeito começou o serviço ao dirigir as máquinas vibroacabadora e fresadora por alguns metros, entregando os equipamentos para os funcionários da empresa continuarem os trabalhos.

Antes da empresa vencedora da licitação começar o serviço pela Rua Visconde do Rio Branco, o prefeito Rafael Agostini assinou a ordem de serviço em solenidade realizada na Praça da Igreja Matriz. Do ato também participaram o vice-prefeito e secretário de Mobilidade Urbana, Sigefredo Griso, o diretor-proprietário da Jaupavi, Newton Fraschetti. A cerimônia contou com a presença dos demais secretários municipais e de vereadores. Os padres Celso Buscariollo e Sérgio Leonel, da Igreja Matriz e da Igreja Nossa Senhora de Fátima, fizeram a bênção dos trabalhos.

Planejamento - A solenidade foi aberta pelo diretor da Jaupavi, que cumprimentou o prefeito pela ousadia de realizar “a maior intervenção urbana da cidade de Jaú” e disse que tem orgulho de participar desse programa de recuperação asfáltica. Em seguida, o secretário de Mobilidade Urbana, Sigefredo Griso, comparou os quase 200 quilômetros de ruas a serem atendidas a uma viagem até Campinas. “É como se nós fôssemos recapear de Jaú a Campinas. É a maior obra de recape da história de Jaú.”

De acordo com Griso, o trabalho contempla recapeamento, recuperação do pavimento em algumas vias e fresagem em outras, para corrigir o piso antes de aplicar a nova camada de massa. Também ressaltou que será feito novo trabalho de pintura de solo e de sinalização horizontal e vertical. O secretário informou que o planejamento foi feito de forma a causar o menor impacto possível nas ruas do centro, que é por onde começa o trabalho. De início serão feitas as ruas paralelas à Visconde do Rio Branco, quarteirão por quarteirão. As ruas perpendiculares ficarão abertas para o tráfego, até quando passarem a serem recapeadas. O cronograma prevê 18 meses para conclusão dos serviços.

Legado – O prefeito Rafael Agostini disse que Jaú acompanhou nesta quarta-feira ao maior programa de recapeamento já visto na cidade, deixando a cidade preparada para o desenvolvimento e garantindo mais qualidade de vida para a população. E lembrou que outras obras importantes estão sendo executadas na cidade, como a solução da falta de água em 18 bairros com a construção de dois novos poços profundos no Jardim América e na Avenida Fernando de Lúcio, o serviço de drenagem no Lago do Silvério e nos Jardins Sempre Berde e Maria Luiza 4 e, para 2015, a construção de galerias nos bairros Santa Helena, Sanzovo e Odete.

“Essa obra que estamos começando é mais um passo que estamos dando no sentido de investir em infraestrutura. O legado que nossa administração vai deixar para a história da cidade é o legado da infraestrutura. Tomamos essa decisão no início do governo e tomamos as medidas necessárias para que a marca de nossa administração fosse as obras de infraestrutura. São as obras que precisam ser feitas. Nem sempre são as que trazem politicamenrte mais retorno, mas são as obras que ficarão para a posteridade mesmo após os gestores saírem da administração”, disse o prefeito.

Prefeitura em ordem - Rafael Agostini destacou que o planejamento iniciado em 2013 no saneamento das contas públicas e na recuperação financeira da Prefeitura permitiu chegar ao dia de hoje com a disponibilidade de R$ 24 milhões em caixa para executar esse programa de recuperação asfáltica. “O governo que está com essa máquina na rua agora e vai asfaltar quase 200 quilômetros de ruas é o mesmo governo que acabou com o problema da falta de água em mais de 18 bairros, é o mesmo governo que está construindo a UPA e cinco unidades básicas de saúde, é o governo que está reformando e reabrindo o São Judas, que está resolvendo o problema de drenagem. É o mesmo governo que botou ordem na Prefeitura de Jahu, que recuperou o crédito, que pagou dívida e colocou a casa em ordem. Não são dois governos, Tudo faz parte de uma única administração.”

Além dessa primeira etapa de recapeamento, a Prefeitura tem outras para começar em breve. “São quase R$ 24 milhões de investimentos da Prefeitura. Temos também aproximadamente R$ 12 milhões em investimentos em outras licitações em parcerias com o Governo Federal, uma delas está em fase final de homologação e em breve vamos assinar contrato e aguardar a Caixa para emitir a ordem de serviço. Estamos ainda aguardando a Caixa liberar outro processo licitatório para ampliar esse programa de recuperação asfáltica. Temos R$ 36 milhões de asfalto novo na cidade de Jaú. Além disso, tem o investimento feito em parceria com a Centrovias no nosso contorno viário”

Recape 1º lote - O recapeamento com os R$ 23,9 milhões de recursos próprios será feito em toda a região central de Jaú, tendo como marco divisório a linha de trem de um lado, o viaduto da Fepasa no Jardim Santo Antonio, a Avenida Zezinho Magalhães, a região do Campo do XV de Jaú, do Cemitério Municipal, dos muros da antiga Companhia Jauense Industrial até a margem esquerda do rio Jaú - desde o Campo Municipal, até a Avenida Prefeito Luiz Liarte, nas ruas que fazem divisa com a Vila XV.

Também serão recapeados bairros da margem direita do Rio Jaú, compreendidos entre as Avenidas Gustavo Chiozzi, Netinho Prado e Joaquim Ferraz de Camargo (marginal do córrego dos Pires). E ainda o Jardim Carolina, entre as Avenidas do Café e Lúcio de Arruda Leme e rua José Manoel Caseiro.

Dos bairros mais distantes estão contemplados nesse primeiro lote de recape os Jardins Pedro Ometto, Santa Rosa, Brasília e Dr. Luciano, a partir da sede do Corpo dos Bombeiros até a região do clube do Sesi.

A lista de serviços inclui as ruas do Jardim São José e Jardim dos Pires, na região dos altos da cidade, próxima de onde está o Supermercado Confiança e logo abaixo do local em que está sendo construída a UPA (Unidade de Pronto-Atendimento).

 
Recape: Recursos próprios do orçamento municipal

Trabalho iniciado dia 22/10 após solenidade de apresentação do maior programa de recapeamento da história de Jaú

 Total: R$ 23.900.000,00

 Verba total do orçamento da Prefeitura de Jahu

Início dos trabalhos: 22 de outubro

Recapeamenteo: 983.423,78 m2

Início: Rua Visconde do Rio Branco e ruas centrais

Cronograma de obras: 18 meses

Bairros/vilas que receberão o serviço:

Centro, Vila Nova, Vila Sampaio, Vila Industrial, Jd. São Caetano, Jd. Santa Terezinha, Vila Santa Maria, Vila Pirágine, Vila Ivan, Vila Maria Cristina, Jd. Bela Vista, Vila Alves, Vila Netinho Prado, Jd. Carolina, Vila São Judas Tadeu, Jd. São José, Jd. Dos Pires, Jd. Pedro Ometto, Jd. Rosa Branca, Jd. Dr. Luciano, Jd. Brasília, Vila Santa Terezinha, Vila Nassif Name, Chácara Peccioli, Vila Brasil, Vila Canhos, Vila Nova Brasil, Chácara Padrenosso, Vila Paulista, Vila Viana e Bairro Santo Antonio.

 

Seja o primeiro a comentar esta notícia

Prefeitura Municipal de Jahu - Rua Paissandu, 444 - Centro - CEP: 17201-900 - Telefone: (14) 3602-1777

© Todos os direitos reservados - Prefeitura Municipal de Jahu | BiG DESiGNER