INSERT command denied to user 'jaudb'@'localhost' for table 'ESTATISTICA_NOTICIA'UPDATE command denied to user 'jaudb'@'localhost' for table 'ESTATISTICA_NOTICIA' Prefeitura Municipal de Jahu

Jaú, Segunda-Feira - 24/04/2017

..........................

Investimento da Prefeitura garante novo cemitério com duas licenças ambientais

 Com recursos próprios graças à recuperação das contas públicas em 2013, Prefeitura desapropria área para resolver problema histórico da falta de vagas para sepultamento

 A Prefeitura de Jahu utilizou recursos próprios para o investimento na desapropriação de área que vai abrigar o novo cemitério da cidade, resolvendo o crônico problema da falta de vagas para sepultamentos. Ao adquirir gleba de 50 mil metros quadrados no Jardim Bela Vista com todas as licenças ambientais, o Município disponibiliza 17 mil jazigos. Desta forma soluciona pendência que se arrasta a várias administrações e garante vagas para os próximos 35 anos.

Esse investimento que nossa administração está fazendo na desapropriação do Parque das Flores, para viabilização do novo cemitério municipal, é um investimento histórico em infraestrutura. Um investimento que era para ter sido feito há muitos anos, tanto é que o Ministério Público chegou a entrar com uma ação civil pública contra o Município de Jahu por conta da falta de vagas para sepultamentos”, comenta o prefeito Rafael Agostini, lembrando que a falta de vagas no Cemitério Ana Rosa de Paula teve início nos anos 80.

O prefeito explica que por conta dessa falta de área para sepultamento e pelo descumprimento da decisão judicial de resolver o problema nas administrações passadas, a Prefeitura foi acionada a pagar multa diária. “Tomamos a decisão de resolver esse problema, porque entendemos que esse investimento, muito embora seja algo que não dá voto, é algo fundamental e que vai resolver um gravíssimo problema da nossa cidade pelos próximos 35 anos.”

O prefeito informa que o Parque das Flores, essa área desapropridada pela Prefeitura de Jahu, já tem licença prévia e licença ambiental da Cetesb. E também já conta com asfalto, guias, sarjeta, água e esgoto. “Isso vai fazer com que com esse espaço, com capacidade para 17 mil jazigos, nós possamos resolver definitivamente o problema de falta de vagas para sepultamentos em Jaú, que atinge principalmente as pessoas mais pobres e que não têm jazigo no Cemitério Ana Rosa de Paula pelos próximos 35 anos.”

Na avaliação do prefeito, o investimento em cemitério não é aquilo que os políticos gostam de fazer “porque não dá voto” e porque as pessoas não dão a devida importância. “É um dever do Município, uma obrigação que o Município tinha de cumprir, e nossa administração resolveu encarar essa obrigação e esse dever e, graças à política de recuperação de contas públicas no ano de 2013, tínhamos dinheiro em caixa para fazer a desapropriação sem onerar o orçamento deste ano.”

Foram investidos até o momento R$ 5,4 milhões na desapropriação da área – outros R$ 3 milhões serão quitados com o orçamento de 2015. “Estamos fazendo investimento que vai resolver problema da cidade por pelo menos 35 anos, um problema de infraestrutura histórico e social que está sendo resolvido. Somente quem já passou pela situação de ver um ente querido falecer e não ter lugar para sepultar aqui na cidade sabe o quanto era dramática essa situação em Jaú”.

Seja o primeiro a comentar esta notícia

Prefeitura Municipal de Jahu - Rua Paissandu, 444 - Centro - CEP: 17201-900 - Telefone: (14) 3602-1777

© Todos os direitos reservados - Prefeitura Municipal de Jahu | BiG DESiGNER