Jaú, Terça-Feira - 21/11/2017

..........................

Prefeitura abre Festival de Inverno com Jahu Jazz Band e músico do Sexteto do Jô

23º edição será entre 17 de julho e 10 de agosto com 76 atrações, incluindo artistas como Beto Guedes, Lucinha Lins, Tânia Alves, Virgínia Rosa, maestro Chiquinho Oliveira, Danny Vicenty, Trio Virgulino e Tribo de Jah

 

 

 

VEJA PROGRAMAÇÃO DE 17  A 31 DE JULHO. CLIQUE AQUI

VEJA A PROGRAMAÇÃO DE AGOSTO. CLIQUE AQUI

 

A Prefeitura de Jahu, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo, promove a partir do dia 17 de julho a 23ª edição do Festival de Inverno de Jaú. Serão 25 dias de eventos, num total de 76 atrações até o dia 10 de agosto, movimentando palcos no Teatro Municipal, na Estação Cultura e no Museu Municipal, e também locais alternativos, como Distrito de Potunduva, Cinema Municipal, asilos de idosos e praças da cidade.

A abertura será nesta quinta-feira, às 20h, no Teatro Municipal Elza Muneratto, com show da Jahu Jazz Band e do trompetista Chiquinho Oliveira (Sexteto do Jô). A entrada é franca, como todos os eventos do festical – à exceção serão dois eventos beneficentes (Estação Rock, dia 20/07, 1 kg de alimentou ou R$ 5.00; e o lançamento do CD Griswolds, 3/08, 1 kg de ração para cachorro).

A programação foi anunciada em entrevista coletiva nesta segunda-feira (14/07) pela equipe da Secretaria de Cultura, formada pelo gerente Jeferson Miranda e pelos responssável por Eventos (Gustavo Pizzolio) e por Turismo (João Castro). A 23º edição terá 76 atrações, incluindo artistas como Beto Guedes, Lucinha Lins, Tânia Alves, Virgínia Rosa, maestro Chiquinho Oliveira, Danny Vicenty, Trio Virgulino e Tribo de Jah.

O Festival de Inverno de 2014 passa a valorizar as linguagens: Música e Cinema. Assim o peso investido em eventos destes segmentos justifica a linha que se pretende adotar neste e nos próximos anos. Determinar essa identidade é uma forma de definir uma política pública para aquele que hoje é maior e mais esperado evento do calendário cultural de nossa cidade.

O gerente de Projetos da Cultura, Jeferson Miranda, destaca que o Festival de Inverno de Jaú é o “mais importante de todos os nossos eventos” e que este ano será focado nas linguagens de música e cinema. O festival tem as parcerias de PROAC-Sp, SESC e Oficinas Culturais, além do apoio das ongs Poiesis e Epifania.

De acordo com Jeferson, o Festival de Inverno envolve artistas de referência, como Beto Guedes e outros, e os “pratas da casa”, permitindo um intercâmbio entre as atrações externas e as locais, como as bandas Lady Jane e Griswolds, esta última lançando seu CD no dia 3 de agosto – o público que comparecer ao Cinema vai ganhar o CD do grupo musical.

 

Linguagens - Na linguagem “Cinema”, o Festival contará com filmes cult de diretores consagrados como: Danny Boyle (Cova Rasa), Oliver Stone (Assassinos por Natureza) e Stanley Kubrick (Barry Lyndon) – em sessões aos moldes de cineclube: discussões e mesas redondas discutirão produção, técnica e linguagem cinematográfica. O documentário Toca Jahu: Histórias do Rock Jauense terá sua produção debatida em mesa redonda dentro da programação do festival. A intensão é incentivar a formação de cineclube na cidade e a produção local de documentários, filmes curtas metragem e longa metragem.

Na linguagem “Música” a cidade durante o festival assistirá ao encontro de grandes nomes da música nacional com os bons valores de nossa terra. Uma programação muito completa, que vai do erudito ao rock, do MPB ao baião e do jazz ao blues, promete agradar a todos os gostos de maneira democrática e acessível.

 

APRESENTAÇÃO

Em 2014, o tradicional evento chega a sua 23ª Edição, entre os dias 17 de julho e 10 de agosto, com uma nova ideia: o bem-comum. Da mesma forma, a Secretaria de Cultura, resgata a antiga logomarca com uma leve reestilizada para ser utilizada como padrão do evento.

A proposta é pensar o Festival de Inverno como um encontro entre saberes e práticas, sem que haja distinção de valor entre os envolvidos. Público e artistas como produtores, disseminadores e receptores de conhecimento, em um espaço de diálogo, aberto ao compartilhamento de ideias.

O 23º Festival de Inverno de Jaú se configura como uma ação que concilia democratização do acesso à cultura, circulação de saberes, além de levar a público shows e outras atrações artísticas de renome, que ao lado dos talentos da terra compõem uma cena única e exclusiva em nossa microrregião.

 

ESTRUTURA

 

Através de uma estrutura diferenciada, o principal objetivo é valorizar como  interlocutores, sujeitos que tradicionalmente se vêem excluídos de eventos, bem como aqueles vinculados aos saberes e práticas tradicionais da Cultura.

Para isso serão criados espaços descentralizados, visando à formação e experiência compartilhada entre sujeitos interessados em diferentes domínios da criação artística e cultural. Durante os 25 dias de festival, três palcos temáticos (Palco Museu, Palco Teatro e Palco Estação), sob coordenação de Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo, irão oferecer aos públicos mais diversos uma intensa programação, levando para o município possibilidades inéditas de interação.

Lugares alternativos também farão parte da caravana cultural e nosso festival contará com atrações no Distrito de Potunduva, no Cinema Municipal, asilos de idosos e praças da cidade. O turismo e o patrimônio histórico complementam o Festival de Inverno com eventos pontuais e tradicionais dentro da presente gestão.

O Festival de Inverno fará de Jaú palco para artistas como Beto Guedes, Lucinha Lins, Tânia Alves, Virgínia Rosa, maestro Chiquinho Oliveira (Sexteto do Jô), Danny Vicenty e Trio Virgulino. Todos eles dividirão a cena artistística com nosso artistas genuinamente “terra roxa” promovendo o intercâmbio frutífero que é a marca registrada do Festival de Inverno.

JUSTIFICATIVA

O Festival de Inverno de Jaú possibilita a renovação da atenção para os valores históricos e culturais, incentivando a criação de novas políticas que atendam às necessidades de desenvolvimento diferenciado dos sítios históricos e culturais, uma vez que considera as particularidades territoriais que envolvem questões econômicas, sociais e patrimoniais.

Além de sensibilizar o público para a multiplicação dos valores da história e dos bens culturais como elementos fundamentais para a identidade cultural da comunidade, o festival tem a função de estreitar as relações entre as demandas e intervenções das comunidades e a atuação dos órgãos públicos e privados responsáveis pelas cultura e a preservação como política pública.

 

RESUMO DO EVENTO

Período: 17 de julho a 10 de agosto de 2014

Número de dias: 25

Total de eventos: 76 (3 eventos/dia)

 Público estimado: 2.000/dia

Frequência total estimada: 50.000

 Número de apresentações

 Musicais: 26 (cantores/duplas/bandas/orquestra)

Cinema: 41 – exibições/debates (sessões infantis/sessão adulto)

Artes Visuais e Pláticas: 3 – exposições (galeria e museu)

Teatro: 1 – apresentação de vanguarda

Literatura: 1 – café literário

Eventos Alternativos: 1 – (cultura urbana)

Histórico/Turistico: 2 – (visitação guiada, city-tour)

Artes Visuais: 1 (workshop/oficina)

 PALCOS

  • Palco 1 – Teatro Municipal: eventos oficiais, indoor, vanguarda e especiais (musica, teatro, dança)
  • Palco 2 – Museu: eventos musicais com bandas consagradas no cenário musical jauense,  artes visuais e Plásticas, eventos históricos e turísticos, cultura urbana.
  • Placo 3 – Estação Cultura: eventos musicais com novas bandas do cenário jauense, literatura e atrações consagradas de currículo nacional.

 

 

VEJA PROGRAMAÇÃO DE 17  A 31 DE JULHO. CLIQUE AQUI

VEJA A PROGRAMAÇÃO DE AGOSTO. CLIQUE AQUI

 

Seja o primeiro a comentar esta notícia

Prefeitura Municipal de Jahu - Rua Paissandu, 444 - Centro - CEP: 17201-900 - Telefone: (14) 3602-1777

© Todos os direitos reservados - Prefeitura Municipal de Jahu | BiG DESiGNER