Jaú, Segunda-Feira - 26/06/2017

..........................

Prefeitura de Jahu amplia número de vagas em cursos profissionalizantes

 Nas últimas semanas, o prefeito Rafael Agostini esteve em Brasília e obteve uma importante conquista para Jahu: o aumento do número de vagas em cursos profissionalizantes do Programa Nacional do Ensino Técnico (PRONATEC), que tem como objetivo formar profissionais para o mercado de trabalho.

Segundo o prefeito, em 2012, eram oferecidas apenas 234 vagas do PRONATEC. Em 2013, esse número aumentou para 894, e agora, foram conquistadas quase 200 vagas a mais do que foi ofertado em 2013, ou seja, a quantidade de vagas do PRONATEC em 2014 será de 1.089. “Em 2013 já havíamos conseguido um aumento bastante importante no número de vagas do PRONATEC em setores voltados às novas demandas da economia da cidade. Houve uma necessidade de reestruturação de alguns setores da indústria e o crescimento do nosso setor de serviços é cada vez mais perceptível, passando cada vez mais a ser o principal fato gerador da nossa economia. Nesse ano, conseguimos ampliar para 1.089 vagas o número de vagas oferecidas para requalificação e capacitação profissional por meio dos cursos do PRONATEC. Toda essa demanda vai ser dirigida de acordo com as novas necessidades da economia da cidade, levando-se em conta também os dados do Cadastro Único para Programas Sociais, gerido pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social”, reforça.

Ainda de acordo com o prefeito, é realizado um cruzamento e uma interpretação adequada dos dados dos programas sociais que existem na cidade. “Todos os dados contidos no Cadastro Único para Programas Sociais e os dados do Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) são cruzados, indicando onde há necessidade de requalificação profissional ou de substituição de capacitação profissional de pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade social. A Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social irá concluir esse cruzamento de dados para que possamos dentro das próximas semanas apresentar quais os novos cursos profissionalizantes, que serão adequados à nova realidade da nossa economia”, pontua Agostini.

Conforme o diretor de cursos da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, Fábio de Andrade Sousa, o Programa Nacional do Ensino Técnico (PRONATEC), criado em 2011, é um conjunto de ações que visam ampliar a oferta de vagas na educação profissional brasileira, melhorando as condições de inserção no mundo do trabalho. “O PRONATEC tem como objetivo democratizar a educação profissional e técnica por meio do aumento do número de vagas, ampliação de instituições pelo país e bolsas de estudo aos interessados. É uma excelente oportunidade para iniciar a carreira no mercado de trabalho, pois o PRONATEC visa o crescimento profissional das pessoas”, enfatiza.

 

Segundo Sousa, o desenvolvimento do PRONATEC ocorre de três maneiras: a oferta de ensino técnico para estudantes do ensino médio, oferta de qualificação profissional para jovens e adultos que buscam oportunidade de melhorar sua formação e oferta de cursos de capacitação para o público do Programa Brasil Sem Miséria. “É especificamente dentro do Brasil Sem Miséria que se desenvolve o maior número de vagas dos cursos do PRONATEC. Isso porque são cursos de formação inicial e continuada voltados para a inserção no mercado de trabalho, com duração mínima de 160 horas, ofertados em instituições de reconhecida qualidade no ensino técnico e tecnológico, como as unidades do sistema nacional de aprendizagem (SENAC, SENAT e SENAI) e a rede estadual de ensino técnico por meio das escolas técnicas”.

A oferta dos cursos é sempre gratuita. Os beneficiários recebem alimentação, transporte e todos os materiais escolares necessários para o desenvolvimento do curso. Os principais beneficiários são estudantes que já concluíram o ensino médio na rede pública de ensino (inclusive da Educação de Jovens e Adultos – EJA), beneficiários dos programas federais e estaduais de transferência de renda, trabalhadores em situação de desemprego.

Em 2013 foram oferecidas vagas para cursos de Operador de Computador, Mecânico de Sistemas de Freio, Soldador, Mecânico de Máquinas de Usinagem, Pespontador, Pedreiro de Alvenaria Estrutural, Pedreiro de Revestimento em Argamassa, Confeccionador de Calçados e Eletricista. No primeiro semestre de 2014 foram oferecidas vagas para cursos de frentista, recepcionista, jardineiro, auxiliar de faturamento, vendedor, auxiliar financeiro e jardinagem. Os cursos, totalmente gratuitos, são destinados a pessoas de ambos os sexos com renda familiar mensal de até três (3) salários mínimos. Todos os materiais são custeados pelo Governo Federal e pela instituição parceira que realiza cada um dos cursos. Em Jahu, os interessados podem se inscrever na sede da Secretaria de Assistência Social ou no CRAS mais próximo de sua residência das 8h às 17h. Os documentos necessários são RG, CPF e comprovante de residência.


Serviço

 

  • Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social: Rua Quintino Bocaiuva, 552, Centro – Telefone 3602-5777
  • CRAS Central: Rua Marechal Bitencourt, 656, Centro. – Telefone 3626-6779
  • CRAS Cila Bauab: Rua Plácido Antônio Capelozza, 251, Jd. Cila Bauab.  – Telefone 3624-4377
  • CRAS Pedro Ometto: Av. José Maria de Almeida Prado, 573, Jd. Pedro Ometto.  – Telefone 3625-5453

 

Seja o primeiro a comentar esta notícia

Prefeitura Municipal de Jahu - Rua Paissandu, 444 - Centro - CEP: 17201-900 - Telefone: (14) 3602-1777

© Todos os direitos reservados - Prefeitura Municipal de Jahu | BiG DESiGNER