INSERT command denied to user 'jaudb'@'localhost' for table 'ESTATISTICA_NOTICIA'UPDATE command denied to user 'jaudb'@'localhost' for table 'ESTATISTICA_NOTICIA' Prefeitura Municipal de Jahu

Jaú, Domingo - 20/08/2017

..........................

Prefeitura apresenta ações públicas de combate à dengue e pede auxílio da população

A Prefeitura Municipal de Jahu realizou na tarde desta terça-feira (18/03) coletiva de imprensa para elucidar a atual situação da dengue no Município.

Conforme o prefeito Rafael Agostini, nesta semana foi iniciada nova etapa no combate à dengue, com a participação efetiva e importante dos atiradores do Tiro de Guerra 02-019 de Jaú, que estão entrando nas residências e eliminando criadouros do mosquito Aedes Aegypti. “É um trabalho de fundamental importância. Algumas pessoas, de maneira equivocada, se sentem mais seguras e protegidas em termos de combate à dengue apenas quando vêem as viaturas da Superintendência de Controle de Endemias (SUCEN) passando veneno. Na verdade, esse trabalho auxilia no combate à dengue, minimizando o problema, mas essa aplicação é a última alternativa que se utiliza porque a nebulização mata mosquito adulto. Não adianta matar o mosquito adulto se continuar existindo criadouro, pois depois de alguns dias você terá novos mosquitos adultos picando. A Prefeitura está trabalhando. A preocupação e o trabalho é de todos. O Poder Público tem suas obrigações e suas responsabilidades para cumprir. Mas precisamos fazer com que toda a sociedade compreenda que ela também tem suas responsabilidades e seus deveres nessa grande luta”, reforça.

Durante a entrevista,  o prefeito divulgou balanço da retirada dos pneus depositados no ecoponto do Ceprom e mostrou que os números são crescentes de um ano para outro, saltando da média mensal de 2.350 em 2012 para a média de 3.550 no ano passado e para 7.100 em 2014.

Esforços estão sendo feitos para zerar em breve o volume depositado no Ceprom, ao mesmo tempo em que entra em funcionamento o novo ecoponto para o recebimento de pneus em galpão fechado no Jardim Conde do Pinhal 2 – ao lado da rodovia Jaú-Barra Bonita. “Vamos transferir o descarte de pneus para lá”, disse o prefeito, prevendo que o funcionamento comece nos próximos dias.

O prefeito Rafael Agostini e o secretário de Meio Ambiente de Jaú, Eduardo Abussamra, informaram que a média mensal de retirada em 2014 é 100% maior do que os números de 2013 e 200% superior à retirada em 2012 (Veja quadro). “Em 2012 foram retirados 28.180 pneus do Ceprom. No ano passado, primeiro ano da minha administração foram retirados 42.460. Significa que tinha pneus acumulados lá e que no fim de 2012 não estava sendo feita recolha de pneus “, comparou o prefeito.

“Faz 12 anos que o ecoponto está no Ceprom. Nossa administração está resolvendo esse problema de 12 anos. Se a culpa da epidemia de dengue fosse dos pneus do Ceprom nós teríamos tido 12 anos de epidemia na cidade”, comentou Rafael, lembrando que o ecoponto do Ceprom foi criado em 2002.

Garantiu que é feito trabalho de aplicação periódica de larvicida nos pneus e que está sendo resolvido o problema do acúmulo do material na área do Ceprom. “Nós temos de fazer nossa parte para tirar de lá, porque de fato não é o local mais adequado e não é a melhor das situações. Estamos trabalhando para resolver isso. Mas não dá pra admitir que epidemia de dengue é por culpa do ecoponto do Ceprom”, sentenciou.

O secretário de Meio Ambiente, Duda Abussamra, disse que o Município não pode dar um descarte qualquer aos pneus. “Tenho compromisso com a associação brasileira dos produtores de pneus e tenho de mandar esses pneus para lá”, explica, lembrando que a própria empresa contratada pelos fabricantes é quem recolhe os pneus mediante contrato com o Município de Jahu.

Coleta seletiva de volta - “Vamos instalar o ecoponto de pneus num local coberto e na entrada vamos montar um ecoponto para receber material reciclável”, disse o secretário Duda, mostrando que a solução está sendo pensada de forma conjunta para resolver o problema dos pneus e dos materiais recicláveis que serão recolhidos e repassados para a associação de catadores de papel criada neste mês.

A nova associação (Recicla Jaú) vai separar o material em barracão distante  100 metros da residência mais próxima, no Jardim Cila Bauab. O local também vai funcionar como ecoponto de material inservível descartado pela população. O local oferece todas as condições para receber os recicladores.

A coleta seletiva nos bairros volta a ser feita nesta quarta-feira (19/03), informa o secretário de Meio Ambiente. Ele disse que caminhão vai percorrer cerca de 25% dos bairros de Jaú, mantendo o itinerário que era realizado anteriormente. Duda Abussamra disse que inicialmente serão recolhidas cerca de 30 toneladas mensais (igual era feito pela ACAP, que encerrou as atividades neste ano). A meta, no entanto, é dobrar o volume coletado e os bairros atendidos até o fim do ano.

Entre outras ações da Secretaria do Meio Ambiente que ajudam no combate ao mosquito transmissor da dengue são feitas, como a manutenção e limpeza das áreas públicas e notificação de proprietários de terrenos para que façam a limpeza de suas áreas – em média são 200 notificações mensais.

Segundo o secretário de Saúde Gilson Augusto Scatimburgo, desde novembro os agentes de controle de vetores vem realizando o bloqueio de controle de criadouros (BCC) e também o bloqueio por nebulização com máquina costal contra o mosquito Aedes Aegypti. “No período de novembro de 2013 a fevereiro de 2014, realizamos essas ações nos seguintes bairros: Vila Pirágine (Potunduva/próximo ao NGA), Vila Netinho, Vila Alves, Santo Antonio, Maria Luiza IV, Jardim São José, Vila Sampaio e Vila Carvalho. Além disso, a SUCEN esteve no Município aplicando inseticida com a máquina pesada LECO (acoplada a viaturas) entre a segunda quinzena de novembro até 27/12/2013 nos bairros Jardim Maria Luiza IV e Santo Antonio (nas proximidades da Rua 13 de Maio). Nos meses de janeiro e fevereiro de 2014 não houve a aplicação”, reforça.

Ainda conforme o secretário, o trabalho de bloqueio de controle de criadouros e também o bloqueio por nebulização com máquina costal continua. “No mês de março, esse trabalho está sendo realizado nas proximidades da Santa Casa de Jaú. Também estamos reforçando esse controle na Vila Sampaio. Além disso, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde e Departamento de Zoonose, juntamente com os atiradores do Tiro de Guerra, estará nos dias nos dias 18, 19, 20 e 21 de março (de terça à sexta-feira, respectivamente), das 8h às 12h, nos bairros Jardim Padre Augusto Sani, Jardim Nova Jaú e Jardim Conde do Pinhal II realizando serviço de bloqueio e controle de criadouros por meio de controle mecânico e o uso de larvicidas nas residências. No dia 22 de março (sábado), os agentes de controle de vetores do Departamento visitarão casas encontradas fechadas nos dias anteriores. Foram confeccionados 60 mil folhetos para distribuição nas residências visitadas. Após esse trabalho, a Superintendência de Controle de Endemias (SUCEN) fará a nebulização com a máquina LECO pesada (acoplada a viaturas) nesses bairros nos dias 25/03, 01/04, 08/04 e 15/04. “A nebulização será realizada meia hora após o pôr do sol até meia noite, pois, se a aplicação for realizada durante o dia, o inseticida será dissipado devido ao calor. No horário estipulado, o ar frio desce e sobe o ar quente, fazendo com que ocorra uma concentração de veneno (névoa)”, reforça Scatimburgo.

Segundo a Vigilância Epidemiológica, órgão vinculado à Secretaria de Saúde, até o momento o Município conta com 1.652 notificações, 975 casos positivos, 431 casos negativos e 246 casos aguardando classificação.

Serviço

Áreas que serão nebulizadas com máquina costal nos dias 18 e 19/03 (terça e quarta-feira, respectivamente):

18/03

- Rua Lourenço Prado (quarteirões entre Rua José Lúcio de Carvalho e Rua Floriano Peixoto - atrás da EE "Dr. Domingos de Magalhães)

- Rua Pereira de Toledo

- Rua Campos Salles (entre a Rua Jordano Zago e Rua Floriano Peixoto - proximidades do Hotel Jardim)

- Rua José Mazzei

- Rua 7 de Abril

- Rua Jordano Zago

- Praça Jorge Tibiriçá

19/03

- Rua Dr. Paulo Martins (cruzamento com Rua Floriano Peixoto e Rua José Mazzei - proximidades da agência do INSS)

- Rua Campos Salles (cruzamento com Rua Floriano Peixoto e Avenida Osório Ribeiro de Barros Neves)

- Rua Floriano Peixoto (cruzamento com Rua Amaral Gurgel)

- Rua Dr. João Leite (cruzamento com Rua Amaral Gurgel e Campos Salles)

- Rua Bento Manoel (cruzamento com Rua Amaral Gurgel e Rua Lourenço Prado)

 

Retirada de pneus do Ceprom

Ano        Pneus retirados            Média mensal        Crescimento sobre média mensal de 2012

2014       21.300 (até 18/03)         7.100 unidades      200%

2013       42.460                          3.550 unidades      51%

2012       28.180 unidades           2.350 unidades      -/-

Fonte: Secretaria do Meio Ambiente

 

 

Seja o primeiro a comentar esta notícia

Prefeitura Municipal de Jahu - Rua Paissandu, 444 - Centro - CEP: 17201-900 - Telefone: (14) 3602-1777

© Todos os direitos reservados - Prefeitura Municipal de Jahu | BiG DESiGNER