INSERT command denied to user 'jaudb'@'localhost' for table 'ESTATISTICA_NOTICIA'UPDATE command denied to user 'jaudb'@'localhost' for table 'ESTATISTICA_NOTICIA' Prefeitura Municipal de Jahu

Jaú, Sábado - 29/04/2017

..........................

Seminário sobre Educação Emocional e Social reúne cerca de 650 educadores

 

A Prefeitura Municipal de Jahu, por meio da Secretaria Municipal de Educação, promoveu na manhã desta sexta-feira (07/02), o seminário “A importância da educação emocional e social para melhoria dos índices de aprendizagem”, sob a orientação do professor João Roberto de Araújo, Referência no Brasil em estudos, pesquisas e publicações sobre Educação Emocional e Social e Cultura de Paz.

Estiveram presentes ao evento a secretária de Educação, Daltira Maria de Castro Piragine Tumolo, a secretária de Governo, Ana Carolina de Andrade Martins, o vereador Fernando Barbieri, o gerente de Projetos da Secretaria de Educação, José Cavalcante, a supervisora de ensino Maria Elisa Gois Roscani, representando a diretora regional de ensino, Carla Karam Mattar, além de vários diretores, supervisores de ensino e coordenadores de escolas das redes municipal e estadual.

Em sua fala, a secretária de Educação agradeceu a presença de todos, e reforçou a importância da reflexão sobre a formação pessoal e emocional dos gestores, educadores, e dos alunos. “O seminário tem como objetivo educar para as emoções como o fundamento da construção da paz, promovendo o bem estar, reduzindo a violência e preparando a mente das crianças para aprende melhor e mais facilmente”.

O palestrante, o professor João Roberto Araújo, Mestre em Psicologia Social pelo Instituto de Psicologia da USP, reforçou que a educação deve ser humanizada. “A educação emocional é uma alternativa para enfrentar a violência. O senso comum aponta o eixo da repressão para enfrentar a violência. Isso é necessário, obviamente, mas é um equívoco imaginar que repressão possa dar resposta a essa doença social. A Organização Mundial de Saúde esclarece que os bolsões de miséria favorecem a violência. Para enfrentar a violência, não basta a repressão e a política social que reduz bolsões de miséria: a verdadeira pobreza que cria a violência é a mental”, reforça.

“O professor precisa se aprofundar mais na condição humana. O ser humano não nasce violento, mas a violência é uma construção de sua história de vida. A violência é um processo pautado pela compreensão de que o enfrentamento das dores passa pela educação emocional. Temos três tipos de dores humanas: a física, a psicológica e a filosófica. Não devemos negar as emoções, que são conquistas evolutivas”, afirma o palestrante.

Professor João Roberto Araújo

Referência no Brasil em estudos, pesquisas e publicações sobre Educação Emocional e Social e Cultura de Paz, João Roberto de Araújo é Mestre em Psicologia Social pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP), professor visitante no Centro de Mudanças Educacionais da Universidade da Califórnia, Santa Bárbara (EUA/1998), estudioso da cultura grega antiga e ex-professor de mitologia na Faculdade de Psicologia da Universidade de Ribeirão Preto (Unaerp). Autor de livros e palestrante, é fundador e orientador estratégico da organização Inteligência Relacional (www.inteligenciarelacional.com.br).

 

Seja o primeiro a comentar esta notícia

Prefeitura Municipal de Jahu - Rua Paissandu, 444 - Centro - CEP: 17201-900 - Telefone: (14) 3602-1777

© Todos os direitos reservados - Prefeitura Municipal de Jahu | BiG DESiGNER