INSERT command denied to user 'jaudb'@'localhost' for table 'ESTATISTICA_NOTICIA'UPDATE command denied to user 'jaudb'@'localhost' for table 'ESTATISTICA_NOTICIA' Prefeitura Municipal de Jahu

Jaú, Quinta-Feira - 14/12/2017

..........................

Prefeitura de Jahu entrega 1.244 casas em 2013

Em 2013, a Prefeitura Municipal entregou 1.244 casas em Jaú. Para o prefeito Rafael Agostini, foi uma conquista resolver essas pendências históricas. “Entregamos 135 casas no Jardim Orlando Ometto II após termos quitado as contrapartidas junto à Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano (CDHU), que estavam atrasadas. Colocamos pisos em todas as residências, trocamos as esquadrias metálicas que estavam enferrujadas, completamos as obras que estavam deterioradas e reconstruímos casas que foram vandalizadas. Colocamos fim a uma pendência que perdurava desde o segundo semestre de 2000”, reforça.

Também foram entregues 47 casas do Jaú M, pertencentes ao desfavelamento no Distrito de Potunduva. Segundo o prefeito, esta obra também apresentou muitos problemas, e estas adversidades fizeram com que o Município sofresse ações judiciais desde 2001. “Estamos com outras 41 casas em fase de acabamento para serem entregues nos próximos meses”, afirma Agostini.

Entre os meses de maio e agosto de 2013, a Prefeitura entregou 285 casas do Residencial Itatiaia com o bairro em perfeitas condições de habitação e saneamento. No local, foi construída uma estação elevatória para possibilitar que os dejetos ali produzidos fossem encaminhados à rede de tratamento de esgoto de forma adequada, não sendo, desta maneira, despejados no Córrego Santo Antonio. Ainda foi realizada reforma da estação elevatória do Jardim Paraty para suportar essa captação.

Em dezembro, a Prefeitura entregou 777 casas do Residencial Frei Galvão para famílias com renda de zero a três salários mínimos. Foram instaladas em todo bairro guias e sarjetas e realizada a ligação da água e da energia elétrica. Além disso, os moradores receberam o bairro 100% asfaltado. “Fizemos toda a infraestrutura do bairro com recursos próprios. Determinamos que fosse construído no local um tanque de contenção com capacidade para armazenar aproximadamente 50 milhões de litros de água. É uma espécie de piscinão, desenvolvido na parte de baixo do bairro, com capacidade para absorver toda a água captada pelas galerias do bairro. E o que é mais importante: ele tem um dissipador, que é uma tubulação em metragem adequada, que faz com que, independentemente do volume de água que caia sobre esse piscinão, o escoamento dessa água da chuva em direção ao Córrego Santo Antonio aconteça em um tempo e em uma intensidade adequadas para não sobrecarregar o Córrego e não causar enchentes em outros locais da cidade. Foi uma grande obra de engenharia que possibilitou, ao lado da colocação do asfalto, das guias e sarjetas e da iluminação, que as casas pudessem ser entregues em condições adequadas de saneamento básico. Ainda há coisa para ser feita, mas, em termos de saneamento básico, conseguimos entregar o bairro com a infraestrutura completa”, reitera o prefeito.

Segundo o diretor-técnico do SAEMJA, Francisco Martimiano, as galerias instaladas no Residencial Frei Galvão absorvem as águas pluviais e conduzem essas águas até uma lagoa de contenção construída no bairro. “Esse tanque possui um sistema hidráulico que libera essas águas aos poucos. Essas águas passam por um dissipador de energia e vão para o córrego. A tubulação de saída é menor do que a de entrada e, por isso, se ocorrer uma chuva mais intensa, esse tanque armazena essas águas, e ao mesmo tempo libera gradativamente esse volume. Se esse tanque vier a encher, a água será liberada por um extravasor de diâmetro maior, equivalente ao diâmetro de entrada, que faz com que essa água também seja liberada aos poucos e desça pelo dissipador, para serem conduzidas também para o córrego”, ressalta.

Conforme Agostini, esse trabalho na área habitacional ocorreu graças à recuperação do poder de investimento do Município. “Primeiramente, consertamos as contas públicas e, ainda assim, pagamos quase 30 milhões em dívidas. Conseguimos fechar o ano entregando 1.244 casas que estavam inacabadas com dinheiro da Prefeitura. Esse trabalho continua em 2014. Pretendemos lançar novos empreendimentos e também terminar a entrega das demais 41 casas que faltam do desfavelamento do Distrito de Potunduva”.

Seja o primeiro a comentar esta notícia

Prefeitura Municipal de Jahu - Rua Paissandu, 444 - Centro - CEP: 17201-900 - Telefone: (14) 3602-1777

© Todos os direitos reservados - Prefeitura Municipal de Jahu | BiG DESiGNER