INSERT command denied to user 'jaudb'@'localhost' for table 'ESTATISTICA_NOTICIA'UPDATE command denied to user 'jaudb'@'localhost' for table 'ESTATISTICA_NOTICIA' Prefeitura Municipal de Jahu

Jaú, Terça-Feira - 25/04/2017

..........................

Prefeitura detalha atrações até dia 11 do Mês da Consciência Negra


A Prefeitura de Jahu, por meio da Secretaria de Cultura, Esportes e Turismo, divulgou a programa detalhada das atrações culturais da semana. Destaque para os eventos do Mês da Consciência Negra, que tiveram início na última sexta-feira e prosseguem até o dia 30 de novembro.

As atrações culturais até a próxima segunda-feira incluem cinema, roda de capoeira, festival de danças, puxada de rede, praça do samba e outros. A Secretaria de Cultura fez um ajuste na programação e transferiu do dia 10 para o dia 16, às 20h, a apresentação Uma Noite no Museu sobre a consciência negra. Veja abaixo:


5 de novembro  terça-feira

Local: Praça Tancredo Neves

19h30 - Roda de Capoeira com Associação Esportiva e Cultural Zimbo e Associação de Capoeira Bantus.

Sinopse: Em algumas vezes chamada de jogo, em outras, de esporte, a capoeira tem origem incerta. Uma das correntes afirma que ela foi criada por escravos brasileiros. A outra hipótese sustenta que a capoeira foi trazida da África para o Brasil, sendo uma mistura de culturas, uma vez que os índios brasileiros tinham um ritual que mesclava música, dança e luta.

No mundo moderno, a capoeira é considerada um fenômeno social de alta relevância, principalmente pela ação popular de participação e favorecimento da coletividade. Na roda de capoeira não ocorre a separação dos participantes por graduação, sexo, tamanho ou tempo de treino. Existe uma grande democratização do jogo, sendo que os atos de vencer ou perder são muito subjetivos. O que difere a capoeira das outras artes marciais é a simbiose entre o jogo, a arte e a luta. Ou seja, os atos de lutar, jogar e brincar se confundem o tempo todo.

 

20h - Vivenciando o Maracatu com Associação Esportiva e Cultural Zimbo e Associação de Capoeira Bantus.

Sinopse: Os Maracatus mais antigos do Carnaval do Recife, também conhecidos como Maracatu de Baque Virado ou Maracatu Nação nasceram da tradição do Rei do Congo, . A notícia mais remota até há pouco conhecida sobre a instituição do Rei do Congo, em Pernambuco, data de 1711, em Olinda , e fala de uma instituição que compreendia um setor administrativo e outra, festivo, com teatro, música e dança. A parte falada foi sendo eliminada lentamente, resultando em música e dança próprias para homenagear a coroação do rei Congo. A atividade permite o contato com essa contribuição diferenciada da cultura de matriz africana que compõem tão bem a cara do Brasil.

 

7 de novembro - quinta-feira

Local: Associação Amukengue - 13h30

Oficina de Percussão e Capoeira com Mestre Marcial Lopez

Sinopse: A Associação Amukenguê oferece atividades a crianças a e adultos, nas quais eles poderão experimentar diferentes instrumentos de percussão e fazer brincadeiras com ritmo e movimento. Nas oficinas de capoeira, haverá uma breve explicação sobre o esporte e poderá se aprender movimentos básicos.

 

Local: Academia Capoeira Zimbo (Balé Mariaska) - 19h30

Aula aberta de Capoeira com instrutor Silvio

Sinopse: Instrutor Silvio abre as portas da sua academia em Jaú para uma aula aberta com toda a população. O evento será nas dependências do Balé Mariaska e faz parte das atividades artísticas e culturais do Mês da Consciência Negra. A aula aberta tem início às 19h30 e  vai ensinar os principais movimentos da dança/luta afro brasileira, uma das  principais manifestações que levam o nome e idioma do Brasil a todos os países onde a capoeira é praticada. Apresentações de acrobacias que fazem parte da arte também serão realizadas durante a aula aberta, além de uma demonstração de “Iuna”, movimentos feitos individualmente pelo capoeirista.

 

Local: Academia Bantus (Balé Mariaska) - 19h30

Aula aberta de Maculelê e Puxada de Rede

Sinopse: Essa manifestação de forte expressão dramática, ponto alto dos folguedos populares, destinava-se a participantes de ambos os sexo. A aula aberta busca resgatar a identidade desta manifestação que batendo as grimas (bastões) ao ritmo dos atabaques e ao som de cânticos em linguagem popular, ou em dialetos africanos tem grande repercussão nas festas populares do nordeste brasileiro.

A puxada de rede é uma atividade comum no litoral do Brasil sendo praticada por pescadores e responsável pelo sustento de muitas famílias brasileiras. Devido à sua extrema beleza o ritual da “puxada de rede” foi levado para espetáculos associado à capoeira.

O ritual da “puxada de rede” é praticado por um grupo de homens, comandado pelo mestre do mar. Preparam as redes usando calças curtas ou calções e chapéu de palha.

De raízes africanas, assim como a capoeira, o samba chegou ao Brasil trazido pelos negros africanos e tornou-se parte do nosso folclore, sendo levado a shows e espetáculos de capoeira juntamente com o maculelê e a puxada de rede. Hoje em dia o samba de roda é muito praticado nos eventos e finais de rodas onde os capoeiristas relaxam dançando. 

 

9 de novembro - sábado

Local: Praça da República - 9h

Praça do Samba: Música, Artes Plásticas, Artesanato e Gastronomia Afro-brasileira.

Sinopse: A Praça do Samba é um evento do Mês da Consciência Negra, gratuito, que será realizado na Praça da República pela Secretaria de Cultura, Esportes e Turismo e que tem sua primeira edição em 2013. A idéia é promover uma grande roda de samba que no meio da praça neste sábado (9) e busca apresentar clássicos do samba paulista e brasileiro. A Praça do Samba também homenageia personagens a comunidade afro-descendente de nossa cidade.

 

10 de novembro - domingo

Local: Associação Amukengue - 9h

Festival Cultural Zumbi dos Palmares, Capoeira, Danças, Oficina de Maracatu com o músico percussionista Edinho; Palestra Retrato da Alma de um Povo com o comendador Mestre Valdenor Silva Santos, presidente da Confederação Internacional de Capoeira. Show com o grupo Trio Café com Leite (Marquinho voz e violão), Exposição de Fotos Amukenguê 30 anos.

 

11 de novembro - segunda-feira

Local: Escola Maria de Lourdes - 8h

Vivência de Capoeira com Mestre Marcial Lopes

Sinopse: A Associação Amukenguê oferece atividades a crianças a e adultos, nas quais eles poderão experimentar diferentes instrumentos de percussão e fazer brincadeiras com ritmo e movimento. Nas oficinas de capoeira, haverá uma breve explicação  sobre o esporte e poderá se aprender movimentos básicos.



CINEMA

Dia 9 e 10 de novembro – sábado e domingo

Local: Cinema Municipal - 14h

Filme: Universidade Monstro

Sinopse: Mike Wazowski (Billy Crystal) e James P. Sullivan (John Goodman) são uma dupla inseparável em Monstros S.A., mas nem sempre foi assim. Quando se conheceram na universidade, os dois jovens monstros se detestavam, com Mike sendo um sujeito estudioso, mas não muito assustador, e Sulley surgindo como o cara popular e arrogante, graças ao talento inerente para o susto. Após um incidente durante um teste, os dois são obrigados a participarem da mesma equipe na olimpíada dos sustos. A equipe, por sinal, é formada por uma série de monstros desajustados, para o desespero de Sulley, acostumado a conviver com os caras mais populares da escola.

Recomendação: Livre - Dublado

 

Local: Cinema Municipal - 20h

Filme: Guerra Mundial Z

Sinopse: Uma terrível e misteriosa doença se espalha pelo mundo, transformando as pessoas em uma espécie de zumbis. A velocidade do contágio é impressionante e logo o Governo americano recruta um ex-investigador da ONU (Organização das Nações Unidas) para investigar o que pode estar acontecendo e assim salvar a humanidade, tendo em vista que as previsões são as mais catastróficas possíveis. Gerry Lane (Brad Pitt) tinha optado por dedicar mais tempo a sua esposa Karen (Mireille Enos) e as filhas, mas seu amor a pátria e o desejo de salvar sua família acabam contribuindo para que ele tope a missão. Agora, ele precisa percorrer o caminho inverso da contaminação para tentar entender as causas ou, ao menos, indentificar uma maneira de conter o contágio até que se descubra uma cura antes do  apocalipse. Começa uma verdadeira corrida contra o tempo, que mostra-se cada vez mais curto, na medida que a população de humanos não para de diminuir. 

Recomendação: 14 anos - Legendado.

 

7 e 8 de novembro – Quinta e sexta

Local: Cinema Municipal - 20h

Sessão Consciência: Amistad

Costa de Cuba, 1839. Dezenas de escravos negros se libertam das correntes e assumem o comando do navio negreiro La Amistad. Eles sonham retornar para a África, mas desconhecem navegação e se vêem obrigados a confiar em dois tripulantes sobreviventes, que os enganam e fazem com que, após dois meses, sejam capturados por um navio americano, quando desordenadamente navegaram até a costa de Connecticut. Os africanos são inicialmente julgados pelo assassinato da tripulação, mas o caso toma vulto e o presidente americano Martin Van Buren (Nigel Hawthorn), que sonha ser reeleito, tenta a condenação dos escravos, pois agradaria aos estados do sul e também fortaleceria os laços com a Espanha, pois a jovem Rainha Isabella II (Anna Paquin) alega que tanto os escravos quanto o navio são seus e devem ser devolvidos. Mas os abolicionistas vencem, e no entanto o governo apela e a causa chega a Suprema Corte Americana. Este quadro faz o ex-presidente John Quincy Adams (Anthony Hopkins), um abolicionista não-assumido, sair da sua aposentadoria voluntária, para defender os africanos.

Legendado - 14 anos

 

 

Seja o primeiro a comentar esta notícia

Prefeitura Municipal de Jahu - Rua Paissandu, 444 - Centro - CEP: 17201-900 - Telefone: (14) 3602-1777

© Todos os direitos reservados - Prefeitura Municipal de Jahu | BiG DESiGNER