Jaú, Quarta-Feira - 20/09/2017

..........................

Prefeitura promove espetáculo que conta aspectos importantes dos 160 anos de Jaú

  Uma Noite do Museu faz viagem no tempo com personagens vivos

 

A Prefeitura de Jahu, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo, reservou para a noite desta quarta-feira um projeto que conquistou o jauense. Será realizada mais uma edição de “Uma Noite no Museu”, desta vez com o tema Personagens Jauenses, a partir das 20h, no Museu Municipal de Jaú.

O evento contará com a interpretação de personagens que fizeram parte da formação histórica do município e que vão contar aspectos importantes de nossos 160 anos. Busca levar o participante a uma verdadeira viagem no tempo e uma aula de história a partir de um Museu Vivo e revigorado. Fazem parte deste projeto atores do grupo Grupo Teatral Epifania.

Para quinta-feira, dia em que a cidade completa 160 anos de fundação, a programação prevê uma cerimônia cívica no Paço Municipal. Poder público, autoridades civis e militares organizam o ato cívico em homenagem aos 160 anos da fundação do povoado que viria se tornar a nossa querida cidade.

O ato cívico conta com a apresentação da centenária Banda Carlos Gomes, com a participação dos atiradores do Tiro de Guerra de Jaú e com os escoteiros. Além de alunos da rede pública. Além da execução dos hinos estão previstas intervenções poéticas e musicais.

O feriado terá ainda uma festa de aniversário no Parque do Rio Jaú embalada ao som de rock com os tributos a Barão Vermelho e Titãs. No mesmo dia começa a exibição de filmes no Cinema Municipal. A programação de aniversário de Jaú se estende até domingo com outras atrações. Veja abaixo mais detalhes.

 


14 de Agosto - Quarta-feira
Uma noite no Museu - Personagens Jauenses
Local: Museu - Horário: 20h
Sinopse: O evento contará com a interpretação de personagens que fizeram parte da formação histórica do município e que vão contar aspectos importantes de nossos 160 anos. Busca levar o participante a uma verdadeira viagem no tempo e uma aula de história a partir de um Museu Vivo e revigorado. Fazem parte deste projeto atores do grupo Grupo Teatral Epifania.
 

15 de Agosto -  Quinta-feira
Cerimônia Cívica de Aniversário da Cidade
Local: Paço Municipal - Horário: 9h
Sinopse: Poder público, autoridades civis e militares organizam o ato cívico em homenagem aos 160 anos da fundação do povoado que viria se tornar a nossa querida cidade. O ato cívico conta com a apresentação da centenária Banda Carlos Gomes, com a participação dos atiradores do Tiro de Guerra de Jaú e com os escoteiros.
Atraídos pela qualidade da terra, em meados do século XIX, os primeiros povoadores vieram de Itu, Porto Feliz, Capivari e sul de Minas Gerais e aqui se fixaram com suas famílias. Em um determinado dia, provavelmente do ano de 1853, em casa de Lúcio de Arruda Leme, reuniram-se os cidadãos bento Manoel de Moraes Navarro, Capitão José Ribeiro de Camargo, Tenente Manoel Joaquim Lopes e Francisco Gomes Botão e então ficou deliberada definitivamente a fundação do povoado.
Por proposta de Bento Manoel de Moraes Navarro esta povoação foi fundada sob a inovação de Nossa Senhora do Patrocínio, de quem ele ofertou uma imagem que mandou esculpir em Itu, e, como esse povoado ficava à margem do Rio Jaú, a padroeira recebeu a denominação de Nossa Senhora do Patrocínio de Jaú.
Foi determinado, então, que a data de fundação do povoado seria 15 de agosto por ser o dia da  Assunção de Nossa Senhora. Em 24 de maio de 1858 Jaú é elevado a Distrito de Paz, sendo o capitão José Ribeiro de Camargo o primeiro juiz de paz.  A 23 de abril de 1866 Jaú é elevado à categoria de Vila.
E em 15 de abril de 1868 é criado  o Termo de Jaú, sendo o primeiro juiz municipal   Antônio ferreira Dias e o primeiro delegado de polícia o tenente Antonio Manoel de Moraes Navarro. A 6 de fevereiro de 1889 Jaú recebe o título de cidade.
 
Festa de Aniversário da Cidade com Tributo ao Barão Vermelho e Titãs
Local: Parque do Rio Jaú - Horário: 16h
Sinopse: Os Anos 80 são considerados a década de popularização do rock nacional. A explosão do BR Rock 80 se deve ao chamado Quarteto Sagrado da Década. Bandas que carimbaram suas composições na história da música nacional de todos os tempos - Paralamas, Titãs, Legião Urbana e Barão Vermelho.
Barão 30 e JAM Session representarão duas dessas bandas. Os shows do Tributo não são covers e as músicas não se restringem às produções dos anos 80. É uma homenagem às bandas que mudaram o som brazuca da época.
JAM Session - Tributo Titãs
Uma reunião de músicos da cidade de Jaú e que são fãs da banda para homenagear os paulistanos Titãs. A Jam Session é formada por:
Adriano Milani (Guitarra), Cesar Guarnieri (contrabaixo), Armando Chrastello (bateria), Diego (teclados) e Luciano Penedo (vocal). Adriano Milani é guitarrista da banda Gato Carteiro. Por 15 anos integrou o Fly By Night e paralelamente se apresentava em bares da cidade com várias formações e reportório variado. Cesar Guarnieri foi contrabaixista do Iron Cover, Vorpal Blade e Mandrake. Nesta última gravaram CD com grande sucesso na cidade e na região, emplacando várias composições. Armando Chrastello começou nos anos 80 na banda heavy metal Culto Metálico. Nos anos 90 integrou o Skilo sem Grilo que virou Skilo. Depois de tempos em Los Angeles voltou para o Brasil, foi baterista do Mandrake e no final da década assumiu Os Patrões ficando até 2010. Diego é tecladista da banda Fly By Night e Luciano Penedo vocalista do grupo Gato Carteiro.
No repertório, sucessos como Marvim, Lugar Nenhum, Epitáfio, Bichos Escrotos, Sonífera Ilha, É preciso saber viver e muitos outros.
Barão 30 - Tributo Barão Vermelho
O Barão 30 conta as fases de Cazuza e Frejat em uma seleção dos clássicos da banda de 1982 até hoje, quando a banda carioca já soma 3 décadas de existência.
Desde “Maior Abandonado”, “Pro dia nascer Feliz” e “Bete Balanço” que são músicas do inicio da banda, então comandada por Cazuza, passando por “Declare Guerra” e “Pense Dance” já no começo da era Frejat, até sucessos mais atuais como “Puro Êxtase” e “Por você”, o tributo traz um repertório contagiante e bastante completo da discografia do Barão Vermelho, além de uma emocionante homenagem à Cazuza na “O Poeta Está Vivo”.
Para interpretar estas e muitas outras canções, Barão 30 reúne alguns dos melhores músicos da cidade de Jaú: Paulo Pin (compositor, Trio Zanzibar) na voz e violão, Betinho Padrenosso (Vambora) na guitarra e vocais, Paulo Costa “P.C.” (Matahare) na guitarra, Vermeio (Black Dog) no contrabaixo, Edinho (Fly By Night) na percussão e Gigão (Matahare e Zanzibar) na bateria.
O Tributo Barão preparou também uma nostálgica seleção de imagens de todas as épocas da banda, com fotos e vídeos sendo projetados no fundo do palco durante o show.

Filme: João e o Pé de Feijão: A Verdadeira História
Local: Cinema Municipal - Horário: 19h
Robinson é um rico homem de negócios, sem tempo para nada. No entanto, uma maldição de família está pairando sobre ele - nenhum homem na linha de Robinson vive sempre após a idade de 30 anos. Com o seu próximo aniversário aparece os restos do esqueleto, literalmente, gigante e uma misteriosa mulher que afirma ter conhecido uma vez o gigante. Jack decide ir com ela para um outro mundo onde tudo é revelado a ele, juntamente com a história do seu antepassado, o original Jack e o Pé de Feijão. A fim de salvar sua própria vida e do mundo dos gigantes, Jack tem de corrigir os erros do passado e voltar a harpa mágica e a galinha dos ovos de ouro ao seu verdadeiro lar.
Legendado - Recomendação: 14 anos

 
16 de Agosto - Sexta-feira
Filme: João e o Pé de Feijão: A Verdadeira História
Local: Cinema Municipal - Horário: 19h
Robinson é um rico homem de negócios, sem tempo para nada. No entanto, uma maldição de família está pairando sobre ele - nenhum homem na linha de Robinson vive sempre após a idade de 30 anos. Com o seu próximo aniversário aparece os restos do esqueleto, literalmente, gigante e uma misteriosa mulher que afirma ter conhecido uma vez o gigante. Jack decide ir com ela para um outro mundo onde tudo é revelado a ele, juntamente com a história do seu antepassado, o original Jack e o Pé de Feijão. A fim de salvar sua própria vida e do mundo dos gigantes, Jack tem de corrigir os erros do passado e voltar a harpa mágica e a galinha dos ovos de ouro ao seu verdadeiro lar.
Legendado - Recomendação: 14 anos
 
17 de Agosto - Sábado
Reinauguração do Centro Esportivo e Cultural
Local: Centro Esportivo Mario Martins Mengon (Jardim América) - Horário: 9h
Atitude Conexão
Sinopse: Esse projeto vem ao encontro das necessidades de mulheres e pessoas ligadas diretamente ou indiretamente à prática de atividades físicas como dança, ginástica, recreação e esportes. Ampliando a área de conhecimento teórico e prático, buscando inserir novos adeptos ao mundo benéfico promovido pela prática da atividade física. O evento contará ainda com apresentação de dança de rua e atividade física voltada para uma vida saudável.

Sábado na Praça: Danilo do Acordeão
Local: Praça da República - Horário: 10h
Sinopse: O Sábado na Praça, programa idealizado pela Secretaria de Cultura, Esportes e Turismo de Jaú, apresenta nesta sábado o músico Danilo Acordeon, que tocará clássicos do frevo, do xote e do baião. O evento é gratuito e ocorre na Praça da República, o Jardim de Baixo, a partir das 10h.
Danilo iniciou seus estudos musicais aos 15 anos na Escola de Música Maestro Heitor Azzi (EMMHAZZI), em Jaú, onde teve aulas de violão erudito. Com 24 anos começou a cursar matemática e durante a faculdade despertou seu interesse pelo acordeão.
Em 2010 iniciou-se no cenário musical de Jaú e região, emergindo do erudito para o popular. Desde então, vem se apresentando em festas juninas, bares e casas noturnas nos mais diferenciados ritmos que aderem ao instrumento, como o forró universitário e o sertanejo.
Haverá também barracas da feira de artesanato, bem como praça de alimentação e brinquedos para a criançada.

Filme: “Um Monstro em Paris”
Local: Cinema Municipal - Horário: 14h
Paris, 1910. Emile (Sébastien Desjours) é apaixonado por filmes e trabalha como projecionista em uma sala de exibição. Ele está interessado em Maud (Ludivine Sagnier), que também trabalha no cinema, mas tem medo de expressar seus sentimentos. Seu melhor amigo é Raoul (Gad Elmaleh), um criativo inventor que embarca com ele na caça a um misterioso monstro que está aterrorizando a cidade. Na jornada a dupla conta com a ajuda de Lucille (Vanessa Paradis), a estrela do cabaré L Oiseau Rare.
Dublado - Livre
 
Final do NBJ (Novo Basquete Jaú)
Local: Ginásio Dr. Flávio Melo – Horário: 17h
Sinopse – O Novo Basquete Jaú (NBJ) chega à sua final neste sábado, dia 17 de agosto. A partida será realizada no Ginásio de Esportes Dr. Flávio de Mello, com entrada gratuita. A final será entre a Esportiva Academia Basketball A e BKP Jardim Pedro Ometto e está marcada para as 18h – a partir das 17h decide-se o terceiro lugar. Estão previstas festividades que envolvem apresentações de dança de rua e música.
O torneio é realizado pela Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo. Os classificados serão definidos em confronto único.
 
Filme: João e o Pé de Feijão: A Verdadeira História
Local: Cinema Municipal - Horário: 19h
Robinson é um rico homem de negócios, sem tempo para nada. No entanto, uma maldição de família está pairando sobre ele - nenhum homem na linha de Robinson vive sempre após a idade de 30 anos. Com o seu próximo aniversário aparece os restos do esqueleto, literalmente, gigante e uma misteriosa mulher que afirma ter conhecido uma vez o gigante. Jack decide ir com ela para um outro mundo onde tudo é revelado a ele, juntamente com a história do seu antepassado, o original Jack e o Pé de Feijão. A fim de salvar sua própria vida e do mundo dos gigantes, Jack tem de corrigir os erros do passado e voltar a harpa mágica e a galinha dos ovos de ouro ao seu verdadeiro lar.
Legendado - Recomendação: 14 anos
 
Teatro Infantil: Pluft - o Fantasminha
Local: Teatro Municipal - Horário: 16h (HORÁRIO CORRIGIDO)
A peça conta a história do rapto da Menina Maribel pelo cruel e ridículo Pirata Perna-de-Pau. O vilão esconde a menina no sótão de uma velha casa abandonada, onde vive uma família de fantasmas: a Mãe, que faz deliciosos pastéis de vento e conversa ao telefone com Prima Bolha; o fantasminha Pluft, que nunca viu gente; Tio Gerúndio, que passa o dia inteiro dormindo dentro de um baú; e Chisto, o primo aviador que surge apenas no final para fazer um salvamento espetacular da menina. A trama se concentra na procura do tesouro do avô da menina, o Capitão Bonança, que morreu no mar deixando lá no fundo a sua herança. Mas a grande chave da poesia teatral criada pela autora é a amizade que surge entre a Menina Maribel e o Fantasminha Pluft. Os momentos de comicidade ficam por conta dos amigos de Maribel, o trio clownesco João-Julião-Sebastião, que vai a sua procura para salvá-la. Encenada pela Pallco´s Jaú conta com um elenco jovem de revelações resultado das oficinas de teatro realizadas pelo grupo no Museu Municipal “Raphael Toscano”.
 
18 de Agosto - Domingo
Pedala Jaú (Passeio de Bicicleta)
Local: Av. Dr. Quinzinho - Horário: 9h
Em comemoração dos 160 anos da cidade de Jaú será realizado mais uma edição do Pedala Jaú, um evento que promete levar as famílias à Avenida Dr. Quinzinho e ao Parque do Rio Jaú.  Essa é a melhor forma de unir a cidade em torno de uma ideia superútil e a prática de um esporte saudável de grande retorno para o bem estar. Participantes concorrem ainda a prêmios distribuídos pelos organizadores.
 
Filme: “Um Monstro em Paris”
Local: Cinema Municipal - Horário: 14h
Paris, 1910. Emile (Sébastien Desjours) é apaixonado por filmes e trabalha como projecionista em uma sala de exibição. Ele está interessado em Maud (Ludivine Sagnier), que também trabalha no cinema, mas tem medo de expressar seus sentimentos. Seu melhor amigo é Raoul (Gad Elmaleh), um criativo inventor que embarca com ele na caça a um misterioso monstro que está aterrorizando a cidade. Na jornada a dupla conta com a ajuda de Lucille (Vanessa Paradis), a estrela do cabaré L Oiseau Rare.
Dublado - Livre

Show com a Banda Rotor
Local: Parque do Rio Jaú - Horário: 16h
Mais um evento em comemoração ao aniversário da cidade ocorre neste fim de semana, domingo (18), e aproveita o agradável ambiente do Parque do Rio Jaú. O evento que faz parte do calendário de aniversário  da cidade terá a abertura realizada pela Banda Plano Z. Com voz, violão e percussão, o trio de músicos tocará boa música e demonstrará para isso a simplicidade é suficiente. No repertório, estarão clássicos de Zé Ramalho, Tom Zé, Engenheiros do Hawaii e outros.
Com o repertório calcado em seu último CD lançado no final de 2005: “Por que os leões do circo não se revoltam?”, a turma do Rotor chega a Jaú para celebrar o aniversário de 160 anos de nossa cidade. A banda que saiu da vizinha Barra Bonita para se fixar na capital, já saboreou muitas conquistas. Singles exibidos exaustivamente na programação da MTV e Multishow: “Num dia ele acordou” e “Meu controle ausente”. Este último fez parte ainda, da trilha da novela “Alta Estação” da Rede Record.
Desde 2003 na estrada, o Rotor sempre foi caracterizado pela história singular. No início de carreira, a banda foi reportagem da grande mídia, sempre que estacionava sua Kombi em frente das universidades. Ali, eles desciam o equipamento, faziam o show em calçadas durante o intervalo das aulas e foram conquistando seu público. Mais que o público, a atenção de uma grande gravadora. Segundo Brau, essa foi uma das melhores coisas que aconteceram para o grupo desde então. “A contratação da banda pela gravadora EMI nos propiciou muitos contatos novos com artistas e profissionais envolvidos no mercado da música. Tivemos acesso a ferramentas antes indisponíveis, como a divulgação em meios de mídia que dificilmente teríamos sem a gravadora, como a inserção dos clipes na MTV, Multishow, e matérias em várias revistas e jornais, além da divulgação em rádios; com certeza foi uma das melhores coisas que nos ocorreram”, acredita. O quarteto, que conta ainda com Gui Mucare (voz e guitarra), Eli Maciel (bateria) e Flavio Horse (baixo).
 
Filme: João e o Pé de Feijão: A Verdadeira História
Local: Cinema Municipal - Horário: 19h
Robinson é um rico homem de negócios, sem tempo para nada. No entanto, uma maldição de família está pairando sobre ele - nenhum homem na linha de Robinson vive sempre após a idade de 30 anos. Com o seu próximo aniversário aparece os restos do esqueleto, literalmente, gigante e uma misteriosa mulher que afirma ter conhecido uma vez o gigante. Jack decide ir com ela para um outro mundo onde tudo é revelado a ele, juntamente com a história do seu antepassado, o original Jack e o Pé de Feijão. A fim de salvar sua própria vida e do mundo dos gigantes, Jack tem de corrigir os erros do passado e voltar a harpa mágica e a galinha dos ovos de ouro ao seu verdadeiro lar.
Legendado - Recomendação: 14 anos
 
Culto de Ação de Graças
Local: Igreja Presbiteriana de Jaú - Horário: 19h30
Sinopse: Celebração religiosa em homenagem e tributo aos 160 anos de nossa cidade. A Igreja Presbiteriana de Jaú realiza um culto de ação de graças e convida toda a comunidade a participar deste rito festivo.

Samba e Liberdade com Suzie Seidenari e Quarteto Aroeira
Local: Teatro Municipal - Horário: 20h30
Sinopse: O objetivo da apresentação "Samba e Liberdade" é levar alegria e reflexão aos que gostam de boa música. O samba conta um pouco da história do Brasil. Fala da vida urbana, de amores, desamores, carnaval, futebol, e tem a característica de cantar a tristeza, transformando-a em alegria. O repertório é bem variado, passa por Noel Rosa, Martinho da Vila, Chico Buarque, entre outros.
Músicos:
Susie Seidenari -  Cantora
Andréia Santos - Piano e Teclado
Carlos Giraldi  - Contrabaixo
Fábio Saffi - Bateria
Paulo Dadamos -  Percussão
Susie Seidenari (voz) - Fez aulas de técnica vocal e interpretação com o professor Paulo Ferri. Atuou em várias bandas de baile e grupos musicais menores. Abriu shows de famosos, como Guilherme Arantes, Jessé, Emílio Santiago, entre outros. Atualmente, participa de projetos e apresentações musicais, grava jingles comerciais em estúdios profissionais e ministra aulas de canto particulares e na Escola de Música Duas Notas.
Andréia  Santos (piano/teclado) - Iniciou seus estudos de piano clássico com a profª Ana Keila Salviato e, posteriormente, se formou no Conservatório Jauense de Música. Cursou técnica em piano clássico com o prof. Gláucio Munduruca e MPB/Jazz no Conservatório Dramático de Tatuí - SP. Atualmente ministra aulas de piano e teclado particulares, na Escola de Música Duas Notas, no Projeto Guri e aulas de musicalização infantil no Ensino Fundamental do Colégio Fundação Dr. Raul Bauab.
Carlos Giraldi (contrabaixo) - Estudante do Conservatório Dramático de Tatuí -SP, de 1999 a 2001. Participou do Festival de Música do Estado de São Paulo "Mapa Cultural" nos anos  1997 e 1998 com o grupo Tribo Terra e, no ano 2000, com o mesmo grupo, participou do Festival de Música Brasileira transmitido pela Rede Globo. Tocou em diversas bandas e duplas sertanejas, dentre elas Renê e Ronaldo. Atualmente ministra aulas de contrabaixo elétrico, fretless e teoria musical na Escola de Música Duas Notas,  na Escola de Música Toque Teclado e aulas particulares, além de trabalhar como freelancer.
Fábio Saffi (bateria) - Formado em MPB/Jazz pelo Conservatório Dramático de Tatuí - SP. Estou na Berklee College of Music, em Boston e na Salem State University - USA. Baterista há mais de 20 anos, tocou com vários grupos e cantores de MPB e grupos de Jazz. Tocou também em bandas de baile e grupos de rock. Participou do Festival de Música Del Mundo (música instrumental brasileira), na Bolívia, com o grupo Maracutaia. Atualmente ministra aulas de bateria e têm alguns projetos musicais.
Paulo Dadamos (bateria/percussão) - Iniciou sua carreira aos 14 anos, tendo como primeiro professor o baterista Nino. Aperfeiçoou seus estudos de bateria e percussão popular no Conservatório de Tatuí. Tocou em vários estados brasileiros e pesquisou ritmos destas regiões. Recentemente esteve na capital cubana, Havana, para pesquisa de vários ritmos musicais. Foi prof. de percussão no Projeto Guri, de percussão e bateria no Conservatório Jauense de Música, e músico da Orquestra Fábio Lopes de Jaú. Realizou o projeto Meus Tempos de Criança na rede Municipal de Ensino de Jaú. Participou de show dos músicos: Ozzi do Palmares, Antônio Barboza, Laerte Mazzieiro, Carlos Francischini, Paula Veloso, Paulo Zen, Estevão Devides, entre outros. Atualmente, além de coordenar o Grupo de Percussão Zi Brasil, ministra aulas de percussão e bateria  na Escola de Música Duas Notas e particulares.

Seja o primeiro a comentar esta notícia

Prefeitura Municipal de Jahu - Rua Paissandu, 444 - Centro - CEP: 17201-900 - Telefone: (14) 3602-1777

© Todos os direitos reservados - Prefeitura Municipal de Jahu | BiG DESiGNER