Jaú, Sexta-Feira - 28/04/2017

..........................

Programação do Festival de Inverno de Jahu - 9 a 15 de julho

 

(VEJA FOTOS DA PRIMEIRA SEMANA DE EVENTOS EM "NOTÍCIAS")

FESTIVAL DE INVERNO DE JAHU


Agenda Cultural - 9 a 15 de julho de 2013


9 de julho - Terça-feira
Cerimônia 9 de Julho
Local: Praça da República - Horário: 9h
Sinopse: Cerimônia de memória sobre a Revolução Constitucionalista de 1932 -deflagrada pelo Estado de São Paulo contra a ditadura Vargas. O Movimento, que objetivava a Democracia ao Brasil contou com ampla participação popular, nos mais variados aspectos do esforço de guerra. São Paulo lutou praticamente sozinho contra as tropas federais, que julgavam tratar-se de um ‘movimento separatista’ ou ‘reacionário, da elite paulista’. Por outro lado, a cerimônia visa destacar a importante participação de constitucionalistas na luta pela democracia brasileira. Toda a sociedade é convidada a participar.
 
Corrida Heróis de 32
Estação  do Som - Horário: 9h.
Sinopse: A intenção é incentivar a prática do pedestrianismo. A modalidade é uma das que mais se desenvolvem em todo o mundo e em Jaú  o número de participantes é cada vez maior. Isso pode ser visto no número de corridas que surgem a cada ano e em todas há procura de pessoas de todas as idades.
A Corrida Heróis de 1932 ocorre durante o feriado estadual e é uma homenagem a Revolução Constitucionalista de 1932. A corrida começa às 8h30 na Estação do Som (antiga Estação Ferroviária), e possui percursos de cinco e dez quilômetros. Podem participar homens e mulheres a partir de 18 anos.
 
Bando Musical - Notívagos Burlescos
Local: Praça da República - Horário: 11h
Sinopse: O Bando Musical Notívagos Burlescos surgiu em 2011 nos encontros do Núcleo de Trilha Sonora do Ponto de Cultura Espaço dos Notívagos na cidade de Botucatu. Inicialmente formado para a criação e execução de trilhas sonoras de espetáculos teatrais, o grupo passou a reunir músicas de seus integrantes e amigos para a criação de um repertório próprio.
O primeiro disco demo, registro desse repertório de canções, foi gravado em 2012 e disponibilizado na internet.  No mesmo ano o bando passa a fazer a apresentações em Botucatu e cidades da região, sempre aliando elementos cênicos à experiência sonora. Números de ‘chair dance’,  projeções de vídeo, leituras dramáticas e diálogos explosivos trançados com rock & blues e funk & soul. Inspirados em Jack Kerouac, Super Mario, Henry Miller, Bertold Brecht, Lewis Carroll, mesas de bilhar, balcão de boteco, poesia, olhares indiscretos e ecos no céu da boca.
 
“Eles não usam Black-tie”  - Cinema SESI
Local:  SESI  - Horário: 19h
Sinopse: Em São Paulo, em 1980, o jovem operário Tião (Carlos Alberto Riccelli) e sua namorada Maria (Bete Mendes) decidem casar-se ao saber que a moça está grávida. Ao mesmo tempo, eclode um movimento grevista que divide a categoria metalúrgica. Preocupado com o casamento e temendo perder o emprego, Tião fura a greve, entrando em conflito com o pai, Otávio (Gianfrancesco Guarnieri), um velho militante sindical que passou três anos na cadeia durante o regime militar.
 
Conferência Municipal de Cultura
Teatro Municipal - Horário: 19h.
Sinopse: A Secretaria de Cultura, Esportes e Turismo de Jaú começa a implantar mudanças importantes em seu planejamento para os próximos anos e está convidando a população da cidade para participar deste processo, a fim de saber quais as necessidades devem ser estudadas e atendidas no novo plano de trabalho. Podem participar artistas, produtores, gestores, representantes de classes, empresários e todos os cidadãos que se interessam e participam das atividades culturais da cidade.
O convite para ouvir a população é o primeiro passo para  as principais mudanças a serem implantadas na administração cultural da cidade: a integração ao Sistema Nacional de Cultura (SNC) e a criação do Conselho Municipal de Cultura (CMC). A ideia de promover tais mudanças é um anseio antigo da classe artística da cidade e permitirá que sejam estabelecidas políticas públicas de Cultura, além de tornar mais transparente os investimentos culturais em nosso município.
 
Terças de Cultura - Elton Soul
Jaú Shopping - Horário: 20h
O cantor nascido em Jaú interpreta as melhores e as mais conhecidas canções do cantor e compositor alagoano Djavan. Entre elas estão ‘Flor-de-Lis’, ‘Samurai’ e ‘Eu te devoro’.
Elton começou a estudar música aos 15 anos no grupo de coral do Projeto Guri, também fez aulas de interpretação para televisão e cursou faculdade de Música por três anos. No entanto, foi revelado no programa de calouros ‘Jovens Talentos’, de Raul Gil, no SBT, em 2011, aos 23 anos. Atualmente, faz shows e atua como preparador vocal e professor de canto no Projeto Guri.
 
10 de julho - Quarta-feira
Letras e Sons e as canções de protesto
Local: SESI  -  Horário: 20h30.
Sinopse: O grupo Letras e Sons canta a história da Música Popular Brasileira e conta a história de nossa Nação. Os instrumentos são: a narrativa que espelha nossa evolução cultural; a música que mostra nossa criatividade; shows que emocionam e fascinam.
Os shows fluem sob o ritmo da narrativa precisa e bem humorada de Ney Vilela e arrebatam os sentidos sob os sons e vozes de Eduardo Lima e Rogério Bastos.
Enquanto narrativas (que podem ser declamações de poesias, trechos de discursos ou piadas) e músicas se sucedem, um slide-show se apresenta - diante dos espectadores - mostrando cenas do cotidiano, cartazes de época, imagens de artistas e de personalidades históricas, compondo um panorama da sociedade brasileira.
 Além do show, a polissemia produzida por narrativa, interpretações musicais e imagens permite que o espectador escolha entre fruir da musicalidade, entregar-se a lembranças de outras épocas, refletir sobre a história de nosso povo, imaginar-se em outros períodos de nossa história, sonhar. Por esses fatos, todos os tipos de platéias se encantam com Letras e Sons.
O show é apresentado em palco italiano ou anfiteatro. À esquerda, no palco, está Ney Vilela, atrás de uma mesinha, sentado, acompanhado de um notebook com o qual manobra o slide-show. Ney faz as narrativas do show. No centro do palco está o telão, onde as imagens são expostas. Na direita estão os músicos Rogério e Eduardo, com seus instrumentos. São apresentadas, em um show de aproximadamente 100 minutos, 16 ou 17 músicas. Ney Vilela realiza o mesmo número de intervenções orais, que não costumam exceder dois minutos, cada.
Há vários shows Letras e Sons. Os temas mais apresentados são: Música de Protesto; Vozes da África; Letras e Sons na Vila Isabel; a poesia de Vinícius de Morais; Bossa Nova; Clube da Esquina; Tropicália; música dos Festivais; Coração de Estudante; música caipira de São Paulo; música para o Teatro; música para o Cinema.
Letras e Sons é um banquete de música, história, poesia, amor e alegria. E o público sempre pede bis.
 
Os Integrantes
Ney Vilela, Rogério Bastos e Eduardo Lima são os parceiros do Letras e Sons.
Escritor de vários livros, o historiador Ney Vilela é conhecido como professor universitário e de cursos pré-vestibulares, pelos artigos que escreve nos jornais da região, pela participação no programa de uma emissora de FM de São Carlos (Intersom-Debates). Além disso, Ney Vilela é pesquisador da UNESP-Bauru, na área de Comunicação Midiática.
Rogério Bastos e Eduardo Lima são donos de um trabalho artístico de peso: não há estabelecimento que apresente música ao vivo, em São Carlos, que não tenha sido palco das apresentações de Rogério e de Eduardo. Aliando uma vetusta formação musical ao desenvolvimento de uma vida acadêmica na área das ciências exatas, a carreira de Rogério Bastos une a sensibilidade de artista e preocupação com a correção técnica, típica de um engenheiro. Eduardo Lima levou toda a sua sensibilidade, técnica e estudo, desenvolvidos no curso de Arquitetura, para a percussão: sua inventividade transborda para o uso de instrumentos de percussão, tão surpreendentes quanto eficientes.
 
 11 de julho - Quinta-feira
Violão em Concerto - Estevão Devides
Local: Museu - Horário: 19h30.
Sinopse: Estevão Devides está apto a exercer a função de violonista de projeto cultural. Já exerceu a função junto ao Ministério da Cultura, com o Pronac: 082318, no ano de 2009 como proponente e músico, também no ano de 2010 com o mesmo Projeto, denominado ‘Projeto Intervalão’ através do ProAc/ICMS como violonista e proponente. Todo trabalho já realizado por Estevão Devides, violonista e proponente, pode ser conferido no site: www.projetointervalao.com.br
Nome: Estevão Devides - Violonista e Proponente
Escolaridade: 2° Grau Completo; Formado em Violão erudito pelo Conservatório de Tatuí/SP, cursando Graduação em Licenciatura em Música, pela Unimes- Santos/SP.
Endereço: Rua João Chamariconi, 21. Jardim Olímpia. CEP: 17208-690 - Jaú/SP. Telefone: (14)3624-6327/ 9771-6672. e-mail: estevaodevides@hotmail.com
Cursos esporádicos na área musical: De 19 a 22 de abril de 2007, participou do 2° Encontro Internacional de Violonistas em Tatuí/SP, realizando masterclass com a violonista Berta Rojas (Paraguay); participou do 30° Curso Internacional de Verão do CEP/ Escola de música de Brasília- SEE/DF, de 16/01 à 02/02/2008; 24 horas de oficina de elaboração de projetos sociais e prestação de contas para o 3° setor, realizado pelo NEATS- núcleo de trabalhos comunitários da PUC/SP, em julho/2009; Participei do Mapa Cultural Paulista 2009- fase municipal; Do 3° Encontro Internacional de Violonistas em Tatuí/SP, de 03 à 06 de junho de 2010, realizando masterclass com o Violonista Jorge Caballero (Peru); Participei do Workshop de Violão, ministrado pelo Duo Assad (Brasil), no dia 04/08/2010, em Tatuí/SP; Obtive o Prêmio de Menção Honrosa no 1° Prêmio Estímulo ‘Música de Câmara’, do Conservatório ‘Dr. Carlos de Campos’ de Tatuí/SP e participei do Festival Internacional de Violão ‘Vital Medeiros’, na cidade de Suzano/SP em abril/2011.
 
Teatro Adulto: A morte bate a Porta - Grupo Teatral Epifania
Local: Teatro - Horário: 20h30
Sinopse: Na quinta feira, as 20h30, no Teatro Elza Muneratto, a peça A Morte Bate a Porta volta a ser apresentada em Jaú e marca o retorno aos poucos da dupla de atores formada por Jeferson Miranda e Gustavo Pizzolio.
A PEÇA
A única certeza da vida é a morte. A morte que a bate a sua porta e invade os palcos em um espetáculo que não dá para perder. Nem morto! Aproveite e leve sua sogra, aquele vizinho chato ou o deputado que promete, promete... enfim, venha morrer de rir com uma hilariante comédia sobre um homem que vê sua vida mudar quando a morte bate a sua porta.
SINOPSE
Em uma noite como qualquer outra, Natanel (Jeferson Miranda) está em sua casa descansando e lendo seu jornal quando literalmente A Morte Bate a Sua Porta. De frente para um destino que nunca imaginou ele tentará de todas as formas adiar seu desfecho trágico, e a medida que a noite avança diversas situações surgem, a Morte (Gustavo Pizzolio) se vê envolvida em um hilário jogo de vida ou morte com conseqüências arrebatadoras onde ninguém sairá vencedor.
FICHA TÉCNICA
Gustavo Pizzolio: Morte
Jeferson Miranda: Natanael
Mônica Mattielo: iluminação execução
Ronaldo Miranda: sonoplastia execução
Grupo Teatral Epifania: concepção de luz, som e adaptação do texto.
Woody Allen: texto original
 
12 de julho - Sexta-feira
Gabriel Sater
Local: Teatro - Horário: 20h30
Sinopse: Um pantaneiro com raiz na música brasileira. Assim é o cantor e compositor Gabriel Sater. Gabriel é filho do violeiro Almir Sater. "Sou de uma família musical. Convivi com a arte de compor desde cedo. Por isso, meu pai foi minha primeira inspiração", revela.
Em seus 10 anos de carreira, seus dois CDs gravados mostram a integração entre a música regional, do Mato Grosso do Sul, com acordes contemporâneos.
No show, Gabriel apresenta canções de seu segundo CD - "A Essência do Amanhecer" trazendo uma variedade de ritmos que vai do chamamé ao choro, do tango as guarânias, das valsas às polcas paraguaias,de baladas a temas mais modernos. O folclore e o erudito também se fundem nesta mistura de sonoridades.
 
Festival Velho Oeste - Jovens Demais para Morrer
Local:  Cinema - Horário:20h
Sinopse: O filme conta a saga de William H. Bonney, conhecido como 'Billy the Kid', no sul México. Ele fazia parte dos "The Regulators", um grupo de seis pistoleiros foras da lei. Furioso com mais uma fuga armada por "Kid", John S. Chisum decide contratar Pat Garrett, um antigo companheiro de Billy, para encontrá-lo no México e matá-lo. A história do filme foi contada por Brushy Bill Roberts, um homem que na década de 40 apareceu dizendo ser Billy the Kid. Recomendação: 14 anos - Legendado.
 
 13 de julho - Sábado
Feira Regional de Artesanato
Local: AERO - Horário: 9h
Sinopse: A Prefeitura Municipal de Jahu, através da Secretaria de Cultura, Esportes e Turismo, convida a toda a população para prestigiar a Feira Regional de Artesanato que será realizada no dia 13 de julho no AERO. A Feira visa fomentar o turismo e incentivar os artesões de Jaú. O inicio do evento está marcado para 9h e o término ás 18h. Além do artesanato a feira será composta por atrações musicais e praça de alimentação. Mais informações: 3602-4777 (João Castro)
 
Feira de Artesanato – Show Magali Soave
Local: AERO - Horário: 9h
Sinopse: O Projeto Sábado na Praça de hoje traz a cantora Magali Boza Soave, que se apresenta com seu violão em eventos, festas e casamentos de Jaú. Em seu repertório consta MPB, samba e forró. Há três meses Magali iniciou um trabalho com o grupo Alma Brasileira, formado por Andrea, Carlos Giraldi e Fábio Saffi. Com o grupo, interpreta o seleto samba raiz, de cantores como Beth Carvalho, Elis Regina, Benito di Paula e Vinicius de Moraes.
 
Feira de Artesanato – Show Escola duas Notas
Local: AERO - Horário: 11h
Sinopse: Fundada em 1995, a Escola de Música Duas Notas surgiu com a intenção de propagar e incentivar a música de forma séria e inovadora, criando assim um espaço aberto à todas as idades e gerações.
Sob a direção da professora Ana Keila Salviato Rett (piano e teclado) e do professor Marcelo Luiz Salviato (bateria), a Escola de Música Duas Notas, tem como seu maior objetivo fazer com que o aluno realmente aprenda, adquirindo capacidade e segurança na execução da música para qualquer finalidade: profissão ou lazer.
 
Festival Velho Oeste - Jovens Demais para Morrer
Local:  Cinema - Horário: 20h
 
Museu do Rock - Frank Sonata
Local: Museu - Horário: 22h
Sinopse: A banda surgiu em meados de 2011, formada por Renan Alves na guitarra, Lucas Monterosso na bateria e voz e Valter Cunha no baixo e voz. Em seus shows, os integrantes se fantasiam com temas que remetem à ideia de Halloween. Normalmente os músicos se apresentam fantasiados de bruxo, múmia e monstro. O grupo tem como principais influências a banda de rock Kiss e o cineasta George Milies. O som dos músicos se caracteriza pela mistura de rock progressivo com outros gêneros, como hard rock, heavy metal e MPB.
 
14 de julho - Domingo
Eles Chegaram - Circênico
Local: Distrito de Potunduva - Horário: 16h
Sinopse: Os palhaços Bonifácio e Penélope acordam e dão início a sua rotina doméstica, misturando os afazeres diários com números circenses e quadros cômicos. Fernando Milani, ator e palhaço, possui formação circense em malabarismo, pirofagia, perna de pau, monociclo, trapézio e acrobacias. É presidente, diretor artístico e responsável pelas áreas de teatro e circo do Instituto Circênico de Promoção Cultural e Artística.
 
Jorge Aragão
Local: Centro de Convenções - Horário: 20h
Sinopse: Jorge Aragão da Cruz nasceu no subúrbio de Padre Miguel, no Rio de Janeiro, no dia 1º de março, data em que se comemora também o aniversário da Cidade Maravilhosa. Dono de um talento incomum, além de romântico e espirituoso, Jorge é sem dúvida uma pessoa fascinante, com plena convicção de sua trajetória terrena e que sabe como poucos retribuir o que recebeu.
Nos seus ‘mergulhos’ filosóficos, solta o verbo e traduz em poucas palavras o seu sentimento mais profundo: ‘Saber de onde vim, lembrar pra onde ir e voltar pra que eu possa amar e preservar meus iguais’. Quem o conhece mais de perto sabe bem disso.
Em sua caminhada, descobre sua ‘sede’ de informações e acha fantástico viver na era da revolução tecnológica. Suas lembranças são de um tempo em que o telefone era movido a manivela e era necessário pedir a uma outra voz do outro lado da linha que interviesse para que a comunicação fosse estabelecida. O avanço da tecnologia o instiga e o faz buscar o novo a todo instante. Palmtop, Notebook, Nextel, iPhone, Windows, Mobile, Full HD, LCD, Plasmas, etc. fazem parte do seu dia a dia. Haja pique para acompanhar toda essa revolução. Sua nova ‘musa’ é o SPYDER, triciclo esquisito com o qual ele passeia pra cima e pra baixo e que o inspira a criar suas canções maravilhosas.
A novidade do momento é a aproximação com a gastronomia. Está completamente envolvido com o ‘Projeto Bossa Nossa’, restaurante de altíssima qualidade e de comida excelente que mantém em sociedade com os amigos Marcelo Maneiro e Mauricio Ferreira. No comando da cozinha, está o chef Ribamar, que cuida de cada detalhe da casa. Jorge dá os seus palpites gastronômicos e até assina alguns pratos.
Mente aberta, vanguarda e constante renovação fazem de Jorge Aragão um homem fantástico! O que mais podemos esperar?
‘Ver meu amor refletido nas minhas pessoas amadas é o que marca meus dias. Quero que assim seja enquanto viver aqui ou quando estiver em outro plano’, diz Jorge Aragão.
 
Festival Velho Oeste - Jovens Demais para Morrer
Local:  Cinema - Horário:20h
 
15 de julho - Segunda-feira
Segunda Gospel Black Choir
Local: Teatro - Horário: 20h30.
Sinopse: O projeto do Coral Gospel aqui em Jaú nasceu no ano de 2010 quando o Produtor Musical Oséias Araújo que também é cantor e Prof. de Técnica Vocal, percebeu que na cidade e região existiam muitas igrejas evangélicas com bastantes cantores, mais não havia ninguém que trabalhasse no intuito de preparar ou lançar um Coral Gospel como aqueles que se vê em igrejas norte americanas, algo marcante e emocionante.
Juntamente com seu irmão Reginaldo Araujo que também é Musico e especializado em regência de Coral em Março do mesmo ano começaram a ensaiar no templo da igreja onde congregam ‘Comunidade Cristã de Jaú’. Os convites foram feitos a todos aqueles que gostam de Musica Negra e tem noção de Canto. Oséias Araujo logo começou a preparar o grupo com Técnicas Vocais, ao projeto foi dado o nome: Black Gospel Choir Jahu.
Referências musicais: Richard Smallwood, James Moore, Brooklyn Tabernacle Choir, Dottie Peoples, Full Gospel Baptist Fellowship Mass, Baptist Fellowship Mass Choir, Donnie McClurkin, Kirk Franklin, Fred Hammond, Hezekiah Walker, Yolanda Adams, Israel Houghton e etc.
 

Seja o primeiro a comentar esta notícia

Prefeitura Municipal de Jahu - Rua Paissandu, 444 - Centro - CEP: 17201-900 - Telefone: (14) 3602-1777

© Todos os direitos reservados - Prefeitura Municipal de Jahu | BiG DESiGNER