Jaú, Terça-Feira - 12/12/2017

..........................

Projeto Curumim é apresentado a diretores e professores

Secretarias de Meio Ambiente e Educação dão largada a programa para conscientização ambiental de 8.500 alunos da rede

 

Foi com vista para a Reserva Ecológica Amadeu Botelho que teve início a Semana do Meio Ambiente em Jaú. Numa ação conjunta entre as Secretarias do Meio Ambiente e de Educação, a Prefeitura de Jahu apresentou a professores e diretores de escolas municipais o Projeto Curumim, que vai atuar na conscientização ambiental de cerca de 8.500 estudantes da rede de ensino.

O projeto foi apresentado na manhã desta terça-feira (4/6) na Fazenda Amadeu Botelho, pelo ambientalista Antonio Carlos Carioba, o Toni. Ele recepcionou os convidados das duas secretarias e explicou o que é o projeto, criado em 1998 e que está sendo retomada agora com a parceria com a Prefeitura.

“Isso é o início de um trabalho que vai ser feito com as crianças”, diz Toni, ao falar para os multiplicadores da educação ambiental, os professores.  Toni falou da história centenária da fazenda, dos antepassados que construíram as benfeitorias e da preocupação em preservar a mata nativa de 80 alqueires, desde o ano 2000 considerada uma área de preservação particular.

Ele falou das trilhas e de como é a visita monitorada à mata e da importância de se levar crianças para conhecer a reserva, despertando a consciência ecológica. Citou projeto de pesquisadores da Unesp sobre a fauna local e que tem muito conteúdo para os professores se transformarem em agentes multiplicadores. O site da reserva tem muitas informações sobre o local, sobre o Projeto Curumim e será atualizado com novidades nos próximos dias – www.rppnamadeubotelho.com.br.

 

 

Integração - O secretário municipal do Meio Ambiente, Elísio Eduardo Henriques Abussamra falou sobre o projeto. “Estamos comemorando a semana do meio ambiente com a retomada do Projeto Curumim e a integração da SEMEIA com a Secretaria de Educação. As duas secretarias têm de andar juntas.” Assim, segundo ele, o projeto vai ter continuidade.

“Veja a importância de a gente ter uma mata desse porte de 80 alqueires nas margens da cidade. Coloca a cidade numa condição que poucas têm. É uma condição que a gente gostaria que as escolas, a SEMEIA e os proprietários aproveitassem para resgatar esse projeto, para que a educação ambiental seja feita plenamente com os alunos do município”, conclui o secretário.

O secretário municipal de Educação, João de Souza Almeida Diogo Cardoso, lembrou que o Projeto Curumim faz parte do Programa Cidade Escola, que integra o plano de governo do prefeito Rafael Agostini, que pretende “estabelecer dentro da cidade lugares onde você aprende”, fazendo a educação além da sala de aula.

 “Nosso objetivo é atender crianças do 1º ao 9 º anos, num total de 8.500 alunos dentro de três projetos. A intenção é começar em agosto. A idéia é levar as crianças a esses espaços duas vezes por semana”, diz ele, citando ainda o Vivência na Trilha (Centro Ambiental Campos Prado) e a Vivência na Tribo (na tribo indígena Ekeruá em Avaí).

Coletiva – O prefeito Rafael Agostini concede entrevista coletiva de lançamento do projeto “Aprendendo na Natureza” nesta quarta-feira, às 10h, no Centro Ambiental Campos Prado.

Toni Carioba e Eduardo Abussamra Eduardo, Toni Carioba e João Cardoso

Seja o primeiro a comentar esta notícia

Prefeitura Municipal de Jahu - Rua Paissandu, 444 - Centro - CEP: 17201-900 - Telefone: (14) 3602-1777

© Todos os direitos reservados - Prefeitura Municipal de Jahu | BiG DESiGNER