Jaú, Sexta-Feira - 28/04/2017

..........................

Prefeitura implanta o Cidade Escola - Programa de Intersetorialidade entre as Secretarias Municipais

 

A Prefeitura Municipal de Jahu oficializou na tarde desta quinta-feira (04/04) o início das atividades do Cidade-Escola. Previsto no plano de governo da atual gestão, o programa é desenvolvido pelas pastas da Administração e tem por objetivo otimizar o ensino público na municipalidade.

Estiveram reunidos no Espaço Pedagógico “Professora Kátia Pascolat Domeniconi” o prefeito Rafael Lunardelli Agostini, o secretário municipal de Educação João de Sousa de Almeida Diogo Cardoso, o dirigente de Cultura, Turismo e Esporte Hamilton Chaves e o presidente da Câmara Roberto Carlos Vanucci.

Na abertura, Agostini agradeceu a presença de todos e discorreu sobre o intuito do Cidade-Escola, observando a potencialização da rede municipal de ensino por intermédio do programa com atividades pedagógico-educacionais, esportivas, artísticas e culturais realizadas durante o turno e/ou contraturno escolar. Na mesma oportunidade, o prefeito expôs o funcionamento dos projetos “Aprendendo no Cinema”, “Boa Vizinhança”, “Cine SESI”, “Educação Patrimonial”, “Encantando” e “Mais Educação”.

O secretário municipal de Educação João Cardoso falou sobre a atuação da pasta e a importância de esta orientar parceria junto à Cultura, Turismo e Esporte. Sobre a abrangência das ações, Cardoso disse que os trabalhos envolverão 12.360 estudantes do ensino fundamental ao longo do ano letivo de 2013. O dirigente de Cultura, Turismo e Esporte Hamilton Chaves também fez uso da palavra falando sobre os espaços cedidos pela pasta na parceria intersetorial com a Educação e a importância dos mesmos para o município.

 

 

Projetos Intersetoriais

 

Projeto Encantando

Por meio do núcleo de Projetos, a Secretaria Municipal de Educação instituiu a Escola Municipal de Canto. Com o projeto “Encantando”, a meta da pasta é formar até dezembro de 2013 o “Coral Infantil da Rede Municipal de Ensino de Jahu” e o “Coral dos Professores da Rede Municipal de Ensino” para representar a Educação em eventos e solenidades locais e regionais.

As aulas da Escola Municipal de Canto serão ministradas no período da tarde em salas disponíveis na sede da Cultura, Turismo e Esporte. Podem se inscrever à Escola estudantes com idade entre 7 e 11 anos e docentes, ambos pertencentes à rede municipal de ensino. O cadastro dos interessados será realizado até sexta-feira (5) no Espaço Pedagógico “Professora Kátia Pascolat Domeniconi” – situado à Rua Quintino Bocaiúva, 532, Centro – das 13h30 às 16h30.

A orientação das aulas será feita por Kátia Cristina Baccarin Marangoni, professora da rede municipal formada em Regência, licenciada em Pedagogia e especializada em Educação Musical. O início das aulas da Escola Municipal de Canto está previsto para 15 de abril. No total, serão atendidas 150 pessoas, dos quais 120 alunos e 30 professores.

 

Projeto Aprendendo no Cinema

A educação iniciou em 1º de abril o projeto “Aprendendo no Cinema”, que tem como público alvo estudantes matriculados do 1º ao 5º ano na rede municipal de ensino. O projeto trabalhará de forma interdisciplinar com visitação cultural ao Cinema Municipal “Clodomiro Celulari” que, por meio da apreciação de longas-metragens, oportunizará a ampliação de conhecimentos, a discussão de temáticas transversais, a inserção no universo cinematográfico e estímulo ao estudo da sétima arte.

As EMEF’s estão agendadas diariamente em dois turnos; pela manhã das 8h às 10h e a tarde das 13h30 às 15h30. Nesta segunda-feira, estiveram presentes no Cinema Municipal (entre os dois períodos) 160 alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental “Professora Alvarina Bizarro Souza”. As atividades previstas no cronograma desenvolvido pela pasta seguem até 14 de junho e preveem atender aproximadamente 8 mil alunos.

O primeiro filme exibido aos estudantes pela Educação é “A Era do Gelo”. Com a apresentação do longa, os docentes compreenderão conceitos sobre aquecimento global, diversificação de ecossistemas, níveis da cadeia alimentar e valores como amizade, tolerância e solidariedade. Além disso, os docentes se utilizarão de recursos pedagógicos em sala de aula para atingir as perspectivas educacionais.

 

Projeto Boa Vizinhança

Visando expandir conhecimentos relacionados ao contexto histórico de Jaú e região por meio de excursões turísticas, a Educação promove junto à Cultura, Turismo e Esporte o projeto “Turismo de Boa Vizinhança”. A proposta é de que professores e alunos jauenses percorram pontos turísticos das cidades limítrofes e, posteriormente, docentes e estudantes dos referidos municípios venham à Jaú para aprender sobre o cenário histórico, o legado patrimonial e as curiosidadaes,  realizando assim troca de experiências.     No dia 13 de abril, cerca de 40 professores da rede municipal de ensino de Jaú seguem para o município de Dois Córregos onde participarão de curso sobre Turismo Regional Social. A saída está prevista para às 8h, defronte à sede da Secretaria municipal de Educação – situada à Rua Riachuelo, 593, Centro – e o retorno, às 12h. Por meio do curso, os docentes estarão aptos a desenvolver atividades pedagógicas nos segmentos de História, Geografia, Ciências Naturais, Artes e Língua Portuguesa com os educandos.

As inscrições para o evento, que dá direito a certificado, devem ser feitas com o turismólogo João Guilherme Ribeiro Castro diretamente na pasta de Cultura, Turismo e Esporte pelo telefone (14) 3602-4777. As vagas são limitadas e o cadastro deve ser feito até sexta-feira (5).

O passeio dos alunos jauenses em Dois Córregos será agendado em semana posterior ao curso e conforme disponibilidade logística de veículos da Educação.

 

Programa Mais Educação

         O Programa Mais Educação, criado pelo Governo Federal, aumenta a oferta educativa nas escolas públicas por meio de atividades com acompanhamento pedagógico nas áreas de meio ambiente, esporte e lazer, direitos humanos, cultura e artes, cultura digital, prevenção e promoção da saúde, educomunicação, educação científica e educação econômica.

           Atualmente, em Jaú, desenvolvem o Programa as Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEF’s) “Comendador José Maria de Almeida Prado”, “Professor Jayme de Oliveira e Souza”, “Professor Enéas Sampaio Souza”, “Professora Maria de Magalhães Castro” e “Vereador Ângelo Ronchesel”.

        Com a intersetorialidade articulada entre as pastas, as oficinas artísticas e culturais, os trabalhos esportivos e o apoio pedagógico realizado pelas escolas não serão somente realizadas no ambiente da unidade escolar.  Serão desenvolvidas também atividades junto aos estudantes nos seguintes locais: Cinema Municipal “Clodomiro Celulari”, Complexo Esportivo da Vila Netinho Prado, Museu Municipal “José Raphael Toscano”, o Teatro Municipal “Elza Munerato” e algumas salas situadas à sede da Cultura, Turismo e Esporte.

            As EMEF’s listadas atendem cerca de 900 estudantes.

         Como forma de favorecer melhorias em toda a rede, outras 13 escolas municipais de Ensino Fundamental geridas pela Educação poderão utilizar os espaços relacionados mediante agendamento em cronograma.

 

Projeto Cine SESI no Mundo: França para Todos

           A Prefeitura Municipal de Jahu, em parceria com o Serviço Social da Indústria (SESI) promove de 4 de abril a 9 de junho no Cinema Municipal a mostra “Cine SESI no Mundo: França para Todos”. O circuito de exibições conta com apresentação de títulos franceses resultantes de parceria entre a Cinemateca da embaixada da França no Brasil com o apoio do Institut Français. Dirigida ao público de todas as idades, a seleção de filmes será assistida por alunos do ensino fundamental II do município e estudantes de escolas geridas pelo Estado, que serão convidadas a participar pela Secretaria Municipal de Educação.

 

Projeto Educação Patrimonial

A Prefeitura Municipal de Jahu por meio da Secretaria Municipal de Educação e em parceria com a pasta de Cultura, Turismo e Esporte desenvolve o projeto “Educação Patrimonial”.

O objetivo da ação é levar os estudantes matriculados no 4º ano das Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEF’s) aos pontos históricos do município, fazendo com que os alunos adquiram e ampliem conhecimentos sobre o centro histórico e a história da cidade.

Após o circuito de passeio, que contemplará aproximadamente 2 mil estudantes, os professores estarão aptos a desenvolver atividades em sala de aula utilizando-se de recursos pedagógicos (produções textuais, relatórios, retratações artísticas, pesquisas orientadas, etc).

O projeto está sendo desenvolvido e deve ser realizado durante todo o ano letivo de 2013. Além do suporte dos professores de EMEF que acompanham os discentes, o projeto de Educação Patrimonial conta com a participação dos professores Guilherme Valente, Malú Pelegrino e do historiador Júlio Polli. A Educação é responsável por toda a organização (cronograma) e transporte dos alunos.

 

Seja o primeiro a comentar esta notícia

Prefeitura Municipal de Jahu - Rua Paissandu, 444 - Centro - CEP: 17201-900 - Telefone: (14) 3602-1777

© Todos os direitos reservados - Prefeitura Municipal de Jahu | BiG DESiGNER